Pravda.ru

Mundo

22 candidatos democratas apoiam aproximação EUA-Cuba

01.07.2019
 
22 candidatos democratas apoiam aproximação EUA-Cuba. 31276.jpeg

22 candidatos democratas apoiam aproximação EUA-Cuba

Washington,  (Prensa Latina) Um total de 22 aspirantes democratas à Casa Branca dos Estados Unidos respaldam hoje a aproximação com Cuba, segundo uma pesquisa de uma coalizão favorável a melhorar os vínculos entre ambos os países.

A organização Engage Cuba somou os nomes da autora Marianne Williamson e o empresário Andrew Yang à lista de candidatos presidenciais que têm posições públicas de respaldo a relações mais estreitas à ilha, em momentos em que a administração do republicano Donald Trump golpeia esses vínculos.

Há dois dias a coalizão disse que das 25 figuras do partido azul interessadas em chegar à mansão executiva, 19 apoiavam a aproximação ao território caribenho, contra o qual Washington mantém um bloqueio econômico, comercial e financeiro há quase 60 anos.

Esses aspirantes são o ex vice-presidente Joe Biden; os senadores Amy Klobuchar, Elizabeth Warren, Kamala Harris, Kirsten Gillibrand, Bernie Sanders e Michael Bennet; e os congressistas Tulsi Gabbard, Tim Ryan e Seth Moulton.

Assim, incluem-se os ex-representantes Beto O'Rourke, John Delaney e Joe Sestak (que anunciou sua candidatura recentemente); os governadores Jay Inslee e Steve Bullock; o ex-governador John Hickenlooper; os prefeitos Bill de Blasio e Pete Buttigieg; e o ex-senador Mike Gravel.

Em resposta a um tuit no que Engage Cuba mencionou o apoio dessas 19 figuras e chamou ao resto dos candidatos a pronunciar a respeito, o congressista Eric Swalwell escreveu no serviço de microblogging: 'Que sejam 20', para refletir que ele também está a favor da aproximação.

Com a adição de Swalwell, e agora de Williamson e Yang, os únicos interessados em vencer a nominação do Partido Democrata para as eleições presidenciais de 2020 que não têm um posicionamento público com respeito à ilha são o senador Cory Booker, o exsecretario de Moradia Julián Castro e o prefeito Wayne Messa.

Em declarações à Prensa Latina em maio passado, Klobuchar reiterou seu apoio ao levantamento do bloqueio, e recordou que está à cabeça do projeto de lei apresentado no Senado para pôr fim a essa política, à que qualificou de frustrada.

Tanto ela como outros 11 senadores, incluídos Sanders e Warren, enviaram uma carta à administração Trump neste mês para recusar as restrições impostas às viagens dos estadunidenses ao território antilhano.

Em lugar de regressar às políticas frustradas do passado, deveríamos trabalhar para normalizar nossas relações com Cuba e construir um vínculo que beneficie a ambos países, expressaram na carta.

Biden, por sua vez, era o vice-presidente quando baixo o Governo de Barack Obama (2009-2017) começou um processo para a normalização das relações, o qual Trump decidiu reverter.

http://www.patrialatina.com.br/22-candidatos-democratas-apoiam-aproximacao-eua-cuba/

 


Loading. Please wait...

Fotos popular