Pravda.ru

Desporto

Basquete – Liga sul-americana

27.02.2007
 
Pages: 12
Basquete – Liga sul-americana

Sede Montevidéu

Libertad ( Argentina ) 91 x Uberlândia ( Brasil ) 79

Olimpia ( Uruguai ) 104 x Universidad Concepción ( Chile ) 91

A partir das 19:15 deu início a Liga Sul-Americana na Sede de Montevidèu com a partida dos representantes dos grandões do continente, Libertad de Sunchales (Argentina) e Unitri-Uberlândia (Brasil) numa partida que no começo foi favorable para os mineiros até o final do primeiro tempo.

No terceiro cuarto nenhuma das duas equipas conseguiu abrir uma faixa importante até que no decorrer dos 28´58¨ o ginásio do Clube Olimpia “Albérico Passadore” ficou sem luz durante uns 15 minutos com vantagem para o Libertad 67 x 62.

O final do terceiro quarto foi para os argentinos de 69 x 64. Os últimos dez minutos da partidas as equipas mostraram estes cinco na quadra.

Libertad, Andrés Pelussi (10), Leopoldo Ruiz Moreno (7), Martín Muller (9), Cleotis Brown (12) e Robert Battle (15).

Por enquanto o Unitri-Uberlândia com Hélio (5), Wagner (7), Valtinho (9), Cambraia (11) e Robert Blackwell (15).

Faltando 7´31¨ o Pelussi conseguiu uma bola importante na saida dos azuis brasileiros colocando o marcador 75 x 66.

Num abrir e fechar de olhos os azuis diminuiram a vantagem para 5 pontos 75 x 70.

A partir dum 83 x 79 ( mínima vantagem até o final do jogo ), para o Libertad, os argentinos decolaram até a vitória fechando sua rede nos últimos 3¨08¨ conseguindo um parcial de 12-0 que neste tipo de torneio internacional faz muito para concretizar objetivos.

O resultado final da partida ficou do lado dos argentinos 91 x 79.

Árbitros: Héctor Uslenghi ( Uruguay ) – David Papo ( Venezuela ).

1º Quarto:

Libertad 18 x Uberlândia 25

2º Quarto

Libertad 37 x Uberlândia 48

3º Quarto

Libertad 69 x Uberlândia 64

4º Quarto

Libertad 91 x Uberlândia 79

Libertad:

4 – Diego Alba

5 – Nicolás Pairone

7 – Leopoldo Ruiz Moreno

8 – Jorge Benítez

9 – Martín Muller

10 – Andrés Pelussi

11 – Marcos Saglietti

12 – Cleotis Brown

13 – Diego Cavaco

14 – Pablo Moya

15 – Robert Battle

Treinador

Carlos Bualo

Unitri-Uberlândia

5 – Hélio

6 – Douglas

7 – Wagner

8 – Patrick

9 – Valtinho

10 – Alfredo

11 – Cambraia

13 – Claudio Antonio

14 – Charles

15 – Robert Blackwell

16 – Guilherme

Treinador

Enio Angelo Vecchi

Ás 21:15 fechando a primeira rodada da Liga Sul-Americana em Montevidéu o anfitrião uruguaio Olimpia entrou bem melhor do que os chilenos da Universidad de Concepción abrindo uma diferença de 9 pontos ( 9-0 tendo andado 3´27¨do primeiro quarto com esse resultado ).

Os olimpistas desde o começo foram: Natan Mielke (2), Rake Newsome (53), Pablo Rak (11), Alejandro “pepusa” Pérez (9) e o herói da torcida, o Mauro Tornaria (4).

Por enquanto os chilenos da Universidad da cidade de Concepción foram:

Cedric Moodie (32), Djbril Kante (33), Louis Truscott (43), Pablo Ayala (14) e Patric Saez (9).

Os uruguayos ganharam a máxima vantagem de 15 pontos em duas oportunidades 22-7 e 25-10 faltando 1´41¨ para fechar os primeiros dez mas Olimpia não encontrou a chave para fechar o cadeado e com arremesso de três pontos do Truscott com o apito final entrou a última bola na rede uruguaia levando o resultado para 30 – 21.

Manter o ritmo de 30 pontos por quarto é quase impossível porém o treinador uruguaio Miguel Volcan começou as mudanzas na equipa assim como o chileno Cipriano Núñez tentando a virada no resultado.

Essas mudanças tiveram sucesso mayor para os chilenos que acabaram a primeira metade da partida apenas 4 pontos por baixo, 43 x 39.

Tendo andado 2´47¨do terceiro quarto a Universidade de Concepción conseguiu ficar na frente pela primeira vez na partida 45 x 44 começando jogar a “melhor partida da sua vida” o pretinho Nº 32, Cedric Moodie com números incríveis que deu para parabenizá-lo ( 34 pontos – 71% 3 pontos – 100% garrafão – 80% 2 pontos – 92% 1 ponto ).

Com apenas 2´43¨ na frente a Universidad conseguiu abrir a máxima de 5 pontos 60 x 55.

Mais dois minutos depois o Olimpia com o grande motorista Mauro Tornaria levou o resultado 68 x 60 (13-0) fechando o quarto 70 x 65 com o apoio duma torcida insuportável e do careca Sebastián Vázquez que incomodou muito o Moodie sendo peça fundamental na virada.

No último quarto deu para imaginar o Olimpia com a vitória no bolso na hora que levou a vantagem para 9 pontos (74 x 65 ) mas os chilenos ainda ficavam na briga se colocando por baixo 81 x 77 com 6´43¨ na frente.

Com o resultado favorável para o Olimpia 87 x 80 o chileno Jorge Valencia conseguiu travar uma bola no cristal fazendo uma defesa perfecta que os árbitros cobraram com falta e mais dois pontos.

Nesse instante apitaram uma falta técnica para o gigante chileno e Olimpia tirou vantagem aproveitando os nervos dos visitantes colocando o marcador 99 x 83 com minuto e tanto na frente.

O resultado final foi para Olimpia 104 x 91 sendo que os cestinhas dos uruguayos foram: Mauro Tornaria e Pablo Rak com 30 pontos cada.

Pages: 12

Loading. Please wait...

Fotos popular