Pravda.ru

Desporto

Brasil joga mal, mas Fred garante empate com Rússia

26.03.2013
 
Brasil joga mal, mas Fred garante empate com Rússia. 18022.jpeg

A seleção brasileira empatou com a Rússia por 1 a 1, nesta segunda-feira, em Londres, e segue sem vitória desde o retorno de Luiz Felipe Scolari. A equipe apresentou novamente um futebol abaixo do esperado, perdia por 1 a 0 até os 44 minutos do segundo tempo, mas foi salva outra vez por Fred, que marcou pela terceira vez em três partidas nesta volta do treinador.

Com mais um resultado decepcionante, Felipão já se vê sob pressão logo no início de seu trabalho. Nesta segunda, ele escalou Kaká como titular, mas o meia pouco apareceu e acabou contribuindo para o futebol pouco criativo do Brasil. A seleção não conseguiu fugir da forte marcação russa e se limitou a tentar cruzamentos e chutes de longe para criar chances.

Esta foi a última partida da seleção com jogadores que atuam na Europa antes da convocação para a Copa das Confederações. Antes da competição, a equipe ainda fará amistosos com Bolívia (6 de abril) e Chile (24 de abril), mas apenas com atletas que atuam em clubes do País. Depois, já com o grupo que participará da Copa das Confederações, enfrenta Inglaterra (2 de junho) e França (9 de junho) como parte da preparação para o torneio.

Brasil e Rússia entraram em campo em momentos totalmente diferentes nesta segunda. Enquanto os russos vivem grande fase, com 100% de aproveitamento nas Eliminatórias Europeias para a Copa do Mundo, o time brasileiro ainda buscava sua primeira vitória no ano, após perder na estreia de Luiz Felipe Scolari, em fevereiro, para a Inglaterra, e empatar com a Itália, na última quinta-feira.

O JOGO - A primeira chance foi da Rússia, em cobrança de falta da intermediária. Logo aos dois minutos, Ignashevich encheu o pé, a bola quicou e complicou a vida de Julio Cesar, que rebateu. A equipe europeia começou melhor, com um futebol de muito toque de bola e explorando as subidas de Anyukov e as chegadas de Kokorin pela direita.

A equipe brasileira não conseguia sair da defesa e passou por mais um sufoco aos nove minutos, depois que Kokorin aproveitou cobrança de falta e tocou de cabeça para o meio da área, criando boa chance. No lance seguinte, foi a vez de Kerzhakov levar perigo em chute forte de fora da área.

A pressão só aumentava e a seleção brasileira não conseguia impedir que os russos levassem perigo em lances de bola parada. Aos 13 minutos, após escanteio batido da direita, Berezutski cabeceou para o gol e só não marcou porque a bola explodiu em Hernanes. Glushakov ainda tentou completar, mas a zaga afastou.

Aos poucos, o Brasil foi se soltando e equilibrou o jogo. Em duas oportunidades, Neymar recebeu bons passes dentro da área, mas em ambos acabou sendo desarmado antes de finalizar. Neste momento a posse de bola já ficava mais com a seleção, que encontrava problemas em penetrar na zaga adversária. Neymar era o jogador mais acionado, mas prendia demais a bola e atrasava os ataques.

Nas poucas idas ao ataque, a Rússia levava mais perigo. Aos 40 minutos, Kerzhakov tabelou com Fayzulin e bateu com perigo, à direita de Julio Cesar. Kerzhakov, novamente, arriscou em chute de longe, mas jogou por cima do gol a última chance do primeiro tempo.

O segundo tempo começou com o Brasil buscando um pouco mais o jogo com Kaká, que começou a aparecer, mas ainda tinha muita dificuldade de fugir da marcação russa próximo ao gol. Com isso, a equipe passou a arriscar de longe. Marcelo, de direita, tentou, mas jogou em cima do goleiro. Depois, foi a vez de Neymar, mas novamente Gabulov não teve trabalho para defender.

Quando a Rússia menos ameaçava, chegou ao primeiro gol. Aos 27 minutos, Zhirkov recebeu dentro da área e rolou para Fayzulin, que bateu em cima de Hernanes. A sobra ficou com Shirokov, que tentou de novo, mas Fernando salvou em cima da linha. Na terceira oportunidade, Fayzulin recebeu novamente e não perdoou.

Precisando da vitória para diminuir a pressão, a seleção brasileira foi para cima e quase empatou com Marcelo, que bateu forte após boa jogada de Hulk. Novamente de fora, Fernando também tentou, mas parou em Gabulov.

Mais na base da insistência do que da qualidade, o Brasil chegou ao empate aos 44 minutos do segundo tempo. Um dos poucos destaques da equipe, Marcelo fez boa jogada com Hulk e cruzou para Fred, que apenas tocou para o gol vazio e definiu o placar.

FICHA TÉCNICA:

BRASIL 1 X 1 RÚSSIA

BRASIL - Julio Cesar; Daniel Alves, Thiago Silva, David Luiz e Marcelo; Fernando, Hernanes, Oscar (Hulk) e Kaká (Diego Costa); Neymar e Fred. Técnico: Luiz Felipe Scolari.

RÚSSIA - Vladimir Gabulov; Anyukov (Kombarov), Berezutski, Ignashevich e Eshchenko; Shirokov, Fayzulin, Glushakov e Bystrov (Shatov); Kokorin (Zhirkov) (Grigoriev) e Kerzhakov. Técnico: Fabio Capello.

GOL - Fayzulin, aos 27, e Fred, aos 44 minutos do segundo tempo.

ÁRBITRO - Howard Webb (Fifa/Inglaterra).

CARTÕES AMARELOS - Hernanes (Brasil); Eshchenko (Rússia).

RENDA E PÚBLICO - Não disponíveis.

LOCAL - Estádio Stamford Bridge, em Londres (Inglaterra).

 

 

http://www.dgabc.com.br/News/6016558/brasil-joga-mal-mas-fred-garante-empate-com-russia.aspx

 


Loading. Please wait...

Fotos popular