Pravda.ru

Desporto

Dunga e Paulo Roberto Falcão

25.07.2006
 
Dunga e Paulo Roberto Falcão

 A  Confederação Brasileira de Futebol (CBF) surpreendeu  o País, ao anunciar que Dunga seria o novo técnico da seleção nacional. Afinal, o capitão do tetracampeonato era apontado como zebra, em uma disputa que tinha Vanderlei Luxemburgo e Paulo Autuori como principais candidatos.

 
A escolha de um treinador pouco cotado e com nenhuma experiência na profissão faz lembrar a história de outro ex-jogador - Paulo Roberto Falcão - logo após o fracasso da Copa de 1990, na Itália. Aquela campanha, último grande fiasco da seleção até a derrota para a França no Mundial deste ano, fez crescer uma onda pró-renovação, que começou pelo comando da equipe.

Desde o início de seu trabalho, Falcão optou por chamar jogadores que atuavam no futebol brasileiro, a fim de testar novos talentos e formar a base de uma nova equipe. A ausência de resultados - foram cinco jogos sem vitória - aumentou a cobrança de torcedores, imprensa e CBF e a passagem do ex-meio-campista pela equipe durou menos de um ano.

Como fato positivo, ficou a descoberta de novos valores, como Cafu, Mauro Silva e Márcio Santos, todos presentes na conquista do tetra em 1994. Sob o comando de Falcão, foram 17 partidas, com seis vitórias, sete empates e quatro derrotas - entre elas a de 3 a 2 para a Argentina, que deu aos rivais o título da Copa América de 1991, no Chile.

Nova aposta, Dunga tem mais em comum com Falcão do que o fato de começar a carreira na seleção. Assim como o 'rei de Roma', o capitão do tetra atuava como volante - embora ambos tivessem características diferentes - e começou a carreira profissional no Inter, tendo se destacado no futebol italiano.

A trajetória de ambos após abandonar os gramados também coincide: Falcão é atualmente comentarista da Rede Globo de televisão e Dunga esteve no microfone do canal Bandsports durante o Mundial na Alemanha.

 
O PERFIL DO NOVO TÉCNICO
n Nome: Carlos Caetano Bledorn Verri
n Idade: 42 anos
n Data de nascimento: 31 de outubro de 1963
n Local de nascimento: Ijuí (RS)
n Clubes como jogador: Internacional, Corinthians, Santos, Vasco, Pisa (ITA), Fiorentina (ITA), Pescara (ITA), Stuttgart (ALE), Jubilo Iwata (JAP) e Internacional
n Títulos em clubes: Campeonato Gaúcho 1982, 83 e 84 (Internacional) e Campeonato Carioca 1987 (Vasco)
n Jogos na Seleção: 95
n Gols na Seleção: 4
n Títulos na Seleção: Copa do Mundo 1994, Copa América 1989 e 97, Copa das Confederações 1997 e Copa Umbro 1995
n Jogos na Seleção Olímpica: 20
n Gols na Seleção Olímpica: 4
 n Títulos na Seleção Olímpica: Torneio Pré-Olímpico 1984, medalha de prata nos Jogos Pan-Americanos 1983 e das Olimpíadas de 1984
n Outros títulos na Seleção: Campeonato Mundial de Juniores 1983 e Campeonato Sul-Americano de Juniores 1983


 Embora tenha à sua disposição uma das gerações mais talentosas do futebol brasileiro, Dunga deverá enfrentar problemas e até um certo constrangimento no novo cargo.

O ex-jogador terá de definir o futuro na seleção de jogadores muito criticados durante a campanha na Alemanha e que atuaram a seu lado na seleção, como o lateral Cafu e o atacante Ronaldo.

Já Parreira, 63, que formalizou o fim de sua terceira passagem pela seleção na última quarta-feira, estuda uma proposta para comandar a África do Sul, anfitriã do próximo Mundial.

Reuters, EFE.


Loading. Please wait...

Fotos popular