Pravda.ru

Desporto

Na Inglaterra vale morder

24.10.2006
 
Na Inglaterra vale morder

Javier Mascherano está vivendo um inferno astral no West Ham. No mínimo inacreditável, é o que pensa o argentino  do que lhe aconteceu no último fim-de-semana, quando foi mordido no ombro por um jogador da equipa adversária. Jermain Defoe já explicou que é mesmo assim, mas o argentino do West Ham afirma-se incrédulo.

«Ser mordido foi a pior coisa que me aconteceu desde que estou em Inglaterra. As coisas não me estão a correr bem, mas isto é inesperado e revoltante. E o mais estranho é que o árbitro nem sequer o expulsou», disse, em declarações citadas pela agência Reuters.

Como resposta, um porta-voz da federação inglesa de futebol explicou que «os regulamentos da FIFA impedem que o jogador seja castigado retroactivamente», uma vez que foi sancionado com o cartão amarelo durante a partida.

Esta situação gerou uma onda de choque no futebol inglês, considerando que o avançado do Tottenham acaba por não ser punido com jogos de suspensão. «Pensava que o futebol nunca mais me iria surpreender, mas as evidências demonstram que este desporto é capaz de continuar a chocar o mais batalhador dos veteranos», referiu o ex-internacional irlandês Tony Cascarino, que foi ainda mais longe na coluna que assina no jornal The Times:

«A impressão de Conde Drácula deixada por Jermain Defoe em Javier Mascherano, no domingo, entra numa nova categoria. Foi inacreditável .

Mais Futebol


Loading. Please wait...

Fotos popular