Pravda.ru

Desporto

Copa de 2014 representa salto no desenvolvimento do turismo no país

24.03.2009
 
Copa de 2014 representa salto no desenvolvimento do turismo no país

“A Copa do Mundo de 2014 será uma salto no desenvolvimento do turismo no país. Ela representa aceleração de investimentos e será uma oportunidade única de divulgação do Brasil no exterior”. Assim, o chefe de gabinete do ministro do Turismo, Carlos Silva, abriu sua apresentação “Investimentos em Infra-Estrutura Turística nas Cidades-Sede da Copa do Mundo 2014” durante o segundo dia do II Seminário Nacional da Construção Civil: Desafios e Oportunidades. O evento, coordenado pelo Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC), começou ontem (17) e terminou nesta quarta-feira (18) em Brasília.


Durante a apresentação, Silva ressaltou que são esperados 600 mil turistas estrangeiros para o evento. “O turista que virá ao Brasil precisa ser bem recebido para querer voltar ao país posteriormente. Por isso, a necessidade de planejamento e organização para a realização de um evento do porte da Copa do Mundo”, declarou. E acrescentou, “o MTur em parceria com a Fundação Getúlio Vargas está fazendo um levantamento das necessidades das 17 candidatas a cidade sede. Esse estudo irá nortear os investimentos públicos e privados nessas cidades”.


Ao enfatizar a importância do evento para a divulgação do Brasil no exterior, Silva citou o caso da Copa da Alemanha, onde o evento foi transmitido para 214 países em 376 canais. Isso gerou uma audiência acumulada de 26 bilhões de telespectadores.


Sobre a capacidade hoteleira, Silva afirmou que estão previstos investimentos em portos, para que os navios sejam uma alternativa para carência de leitos. “Os investimentos são necessários para que navios possam ancorar na costa brasileira e trazer turistas para a Copa”, disse.


Durante o evento, estiveram presentes representantes dos Ministérios do Esporte e das Cidades.


MTur e a Copa de 2014 – A atuação do MTur para a Copa de 2014, desenvolve-se em cinco eixos estratégicos: mobilidade, acessibilidade, hospedagem, qualificação e marketing. Nesses eixos, estão previstas ações de investimento em aeroportos regionais, estradas, terminais rodoviários e ferroviários, sinalização turística, infraestrutura urbana, ampliação da quantidade de leitos, promoção de investimentos, qualificação de empreendimentos e receptivo e, ainda, investimentos em campanhas de divulgação do país.


Até 2008, o MTur investiu R$ 1 bilhão em mobilidade nos 17 destinos candidatos a sedes da Copa do Mundo de 2014. Já em acessibilidade, no mesmo período, foram investidos R$ 409,4 milhões nas cidades candidatas. Em qualificação, foram R$ 158,6 milhões.

http://www.brasil.gov.br/noticias/ultimas_noticias/23032009-6/


Loading. Please wait...

Fotos popular