Pravda.ru

Desporto

Futebol: Sonho ou pesadelo?

23.07.2007
 
Pages: 1234

Na hora que as diferenças nas quadras esportivas não eram muito amplas para os alvi-celestes além do clássico nasceu um “odio” que ainda continua bem mais leve que no passado, mas continua.

Muitos anos depois daquele primeiro jogo da história, os uruguaios acharam que a honra da “celeste” tinha sido dilacerada na hora que a escolha do treinador da seleção adulta ficou por conta do Daniel Alberto Passarella (capítão e camisa 6 da Argentina Campeã do Mundo ’78 e Bi-Campeão mundial pois também foi parte da turma argentina no México ’86 vestindo a camisa 19).

O canhoto argentino ia movimentar o ambiente uruguaio ficando na frente até o início dos jogos de volta da classificatória para Coréia-Japão 2002.

Por enquanto, dessas seleções com histórico rico da América, Argentina só continua arvorando o caneco de “único” com treinadores crioulos na categoría adulta.

Para muitas seleções sem essa história lotada de troféus que enfeitam as vitrines, ter tido um treinador estrangeiro é mais um comentário nas manchetes dos jornais das segundas feiras.

Mas para brasileiros e uruguaios ter tido um argentino no comando da seleção adulta é mesmo uma mágoa, mesmo salientando a qualidades desses homens como foi o Filpo

Núñez e o “kaiser” argentino que ainda é !!

Do lado brasileiro só poderia se liverar dessa mochila fazendo uma jogada de letra nesse grilhete que segura a história confirmando que a CBF nada tem a ver com a CBD mas também haveria que desconhecer o PENTA.

Ao nossos leitores brasileiros…o que você prefere ?

Ficamos com o PENTA e o treinador argentino né ?

Correspondente PRAVDA.ru

Gustavo Espiñeira

Montevidéu – Uruguai

Pages: 1234

Loading. Please wait...

Fotos popular