Pravda.ru

Desporto

Boca Juniors conquistou a Copa Libertadores da América pela sexta vez

21.06.2007
 
Boca Juniors conquistou a Copa Libertadores da América pela sexta vez

O meia Riquelme, assegurou a vitória por 2 a 0 do Boca Juniors contra Grémio , ao marcar ambos gols nesta quarta-feira, (21) no Estádio Olímpico, em Porto Alegre. Boca Juniors comemorou o título da Copa Libertadores da América pela sexta vez em sua história. No primeiro jogo da casa o Boca venceu por 3 a 0 e não sentiu-se nervosa ontem. Com mais uma conquista, o Boca se isola na condição de segundo maior vencedor da Libertadores, um título atrás do também argentino Independiente, que levantou a taça em sete oportunidades.

Esta foi a 20ª participação do Boca em Libertadores e sua nona decisão, justamente no seu jogo número 200 na competição. Foi ainda a 11ª final do torneio entre representantes brasileiros e argentinos, com apenas três vitórias nacionais, com Santos (1963, sobre o Boca), Cruzeiro (1976, River Plate) e São Paulo (1992, Newell's Old Boys).

O Boca se consolida como o maior vencedor da Libertadores no século 21, com três títulos. Ainda ganhou, apenas neste século, um Mundial, duas Copas Sul-Americanas e duas Recopas. Com a conquista continental, os argentinos vão para o Mundial de Clubes da Fifa, em dezembro, quando podem enfrentar o Milan, vencedor da Liga dos Campeões, na final e se tornarem o primeiro tetracampeão do torneio interclubes.

Com a bola rolando, o primeiro tempo pode ser dividido em quatro partes, com três situações. Até os 10min, pressão gremista, como era de se esperar, menos pela técnica e mais pelo "abafa". Em seguida, até os 20min, o panorama foi de equilíbrio, com o Boca tocando melhor a bola. Entre 20 e 35min, o jogo ficou feio: a bola passou a cruzar o meio-campo, com uma série de chutões. Nos minutos finais, o que se viu foi novamente o Grêmio pressionando o adversário. Assim, os argentinos, nos contra-ataques, criaram mais oportunidades que os gaúchos, mas foi o time da casa quem chegou mais perto do gol. Aos 42min, Lucas arrancou pela direita e tocou para Diego Souza. O meia dominou e, diante da marcação, pela lateral da área, arriscou o tiro cruzado, acertando o travessão de Caranta, na melhor chance da equipe na etapa.

"Estamos com muita pressa e não estamos tocando muito a bola, por isso, não conseguimos criar", disse o volante Lucas, na saída para o intervalo, no jogo que marcou sua despedida da equipe -ele foi negociado com o Liverpool. "Temos de corrigir algumas coisas no passe, estamos muito afobados", concordou o lateral Lúcio.

O panorama da partida pouco se alterou na segunda etapa. O Grêmio tentava o ataque, mas seguia de forma desordenada, como já haviam alertado Lucas e Lúcio. Pior, a equipe ainda sofreu o gol, em outro lance que mostrou a genialidade de Riquelme. Em jogada semelhante à de Diego Souza no primeiro tempo e praticamente do mesmo lugar, aos 24min, o meia chutou com precisão para superar Saja e abrir o placar.

No contra-ataque, oito minutos depois, saiu o segundo gol, que selou o título argentino. Palacio recebeu livre na área e tocou na saída de Saja, que defendeu com o pé. No rebote, Riquelme foi mais veloz que a defesa gremista e empurrou para as redes, garantindo a vitória e escrevendo seu nome na lista de "imortais" do Boca e da Libertadores.
"Jogamos muito bem os dois confrontos e tivemos a vantagem do resultado da primeira partida", disse Riquelme, eleito o melhor jogador da decisão. "Estou muito feliz com o título. Os torcedores merecem", comemorou.

GRÊMIO
Saja; Patrício, William, Teco (Schiavi) e Lúcio; Gavilán, Lucas, Tcheco (Amoroso) e Diego Souza; Carlos Eduardo e Tuta (Everton)
Técnico: Mano Menezes
BOCA JUNIORS
Caranta; Ibarra, Diaz, Morel Rodriguez e Clemente Rodriguez; Ledesma, Banega (Orteman), Cardozo (Bataglia) e Riquelme; Palácio (Boselli) e Palermo
Técnico: Miguel Russo
Data: 20/6/2007 (quarta-feira)
Local: Estádio Olímpico, em Porto Alegre
Árbitro: Oscar Ruiz (COL)
Auxiliares: Juan Carlos Bedoya (COL) e Jovani Zapata (COL)
Cartões amarelos: Diego Souza, Lucas, Lúcio (G), Ledesma (B)
Gols: Riquelme, aos 24min e 36min do segundo tempo

Fonte Vol Esporte


Loading. Please wait...

Fotos popular