Pravda.ru

Desporto

Avram Grant recebeu a carta com ameaças e pó misterioso

21.02.2008
 
Avram Grant recebeu a carta com ameaças e pó misterioso

Avram Grant, técnico do Chelsea, recebeu  ameaças de morte anti-semitas, junto com um pacote que continha um pó misterioso, anunciou a polícia britânica nesta quarta-feira.

 Os insultos anti-semitas são explicados pelo fato de o treinador ser israelense. No envelope foram encontrados também ameaças à mulher do treinador, conhecida personalidade em Israel

O campo de treinamento do Chelsea em Cobham, no sudoeste de Londres, foi fechado ao público na terça-feira, depois de um funcionário do clube ter descoberto o pacote contendo o pó e uma mensagem dirigida a Grant afirmando que a substância era mortal.

De acordo com uma fonte policial anônima a mensagem era a seguinte: "Você é um judeu sem-vergonha, que esfaqueia pelas costas. Quando abrirás essa carta, terás uma morte muito lenta e dolorosa", informa AFP.

"Fomos chamados ao campo de treinamento do Chelsea em Cobham às 12H15 (09H15 de Brasília) de terça-feira, depois da recepção de um pacote suspeito", explicou um porta-voz da polícia de Surrey, um condado do sudoeste de Londres.

"O pó branco que estava no pacote foi analisado, e se revelou inofensivo. Os investigadores ainda estão tratando de determinar a origem do pacote", acrescentou.

Avram Grant, 52 anos, não estava em Cobham na terça-feira, já que sua equipe estava em Atenas disputando as oitavas-de-final da Liga dos Campeões contra o Olympiakos. Em casos parecidos, os presidentes do Milan e da Internazionale receberam cartas com ameaças de mortes, além de uma bala de arma de fogo.


Loading. Please wait...

Fotos popular