Pravda.ru

Desporto

Dudu Cearense espera jogo duro contra FC Porto

20.11.2006
 
Dudu Cearense espera jogo duro contra FC Porto

Na terça-feira CSKA Moscovo recebe FC Porto no decisivo jogo no Grupo G da Liga dos Campeões Europeus. Um empate basta ao clube moscovita para manter uma posição favorável tendo em vista a classificação para a próxima fase. Mas os portugueses o empate não satisfará . Com sete pontos seguem no terceiro lugar e só podem pensar na vitória. .

Entusiasmado por ganhar o Campeanato russo o CSKA vive um momento da euforia e tem noção de que terá de lutar muito para continuar ser feliz e fazer mais feliz sua torcida .

A estrela do CSKA , o brasileiro Dudu Searense , que tem uma imprensa muito bõa na Rússia, disse numa entrevista ao “Maisfutebol”.

«Sabemos perfeitamente que será um jogo importantíssimo. É verdade que estamos confiantes pelo título conquistado, é óbvio que estamos moralizados, mas também temos consciência de que temos de ter cautelas, porque o Porto está muito bem no campeonato português. Precisamos estudar muito bem a equipa para não sermos surpreendidos», abordou, sublinhando o factor preparação: «A confiança que temos não significa que a vitória esteja garantida, porque o resultado tem de ser conseguido dentro de campo. Vai ser um jogo muito difícil».

Dudu conhece o suficiente do Porto para lhe guardar enorme respeito. Foi titular no Dragão, na primeira jornada do Grupo, quando as equipas empataram a zero bolas, e agora tentar usar o factor casa para alcançar o triunfo, mas nada disso está garantido à partida: «Ainda não tive oportunidade para estudar o Porto ao pormenor, para saber como estão a jogar neste momento. Mas sei que contam com o meu novo amigo Helton, que é um grande goleiro. Está a defender muito bem, porém espero que não agarre muito .

Natural de Fortaleza, Dudu começou por representar o Ceará, depois o Vitória da Baía, onde motivou a cobiça do Sporting. Sem oportunidade na Europa, passou pelo Kashiwa Reysol em 2004 antes de rumar até ao Rennes, de França, por empréstimo. Em 2005 assinou pelo CSKA, tendo chegado a tempo de ser bicampeão russo, vencer a Taça e a Supertaça. Foi chamado para várias selecções jovens brasileiras, sagrando-se campeão mundial de sub-20 em 2003.

Pode já ter alguma experiência, mas nunca tinha vivido algo semelhante ao sucedido neste fim-de-semana, em que teve de viajar nove horas de avião para poder celebrar o título. O jogo decisivo, ante o FC Luch-Energia, teve lugar em Vladivostok, no extremo oriente do país, onde já se consegue avistar o arquipélago japonês à vista desarmada. «Até brincámos e dissemos que era como se tivéssemos jogado no Brasil (risos). Foi muito diferente e quando falo às pessoas até parece mentira, porque não chegámos a sair do país», contou Dudu ao Maisfutebol. 


Loading. Please wait...

Fotos popular