Pravda.ru

Desporto

Documentário de Kusturica filmado sobre Maradona

20.03.2007
 
Documentário de Kusturica filmado sobre Maradona

O diretor cinematográfico Emir Kusturica concluiu as filmagens do documentário sobre o ex-jogador de futebol argentino Diego Armando Maradona e anunciou que o novo filme poderá ser lançado antes do próximo Festival de Cannes, que acontecerá em maio.

Kusturica disse que a fita agora atravessa o longo processo de montagem das cenas filmadas em vários países.

O longa, intitulado "No te olvides de Fiorito" ("Não se esqueça de Fiorito"), foi rodado durante um ano e meio no bairro homônimo de Buenos Aires, onde Maradona nasceu, assim como em Belgrado, Itália, Barcelona e Cuba, entre outros lugares.

Kusturica, nascido na Bósnia, disse que o filme sobre Maradona foi um "teste difícil" e que viajou três vezes à América do Sul para conhecer melhor o jogador, já que precisava de uma história íntima sobre como o ex-craque caiu no "infeliz redemoinho da glória" ao se viciar em drogas.

"Ele entrava em conflito com cada autoridade, mostrando assim o traço básico de sua personalidade. A maioria dos conflitos aconteceu em clubes nos quais os ricos empresários exigiam mais disciplina dele", disse Kusturica. "Na verdade, ele se rebelava contra a organização, contra a ordem", acrescentou.

Segundo o cineasta, o filme terá sete capítulos, cada um relacionado a um pecado capital. Todos começarão com lances famosos do jogador, entre eles o gol durante que o ex-craque marcou em um jogo da Argentina contra a Inglaterra, pouco depois da Guerra das Malvinas.
No documentário, Maradona confessa a Kusturica que começou a se drogar quando ainda estava no Barcelona, mas que só foi "descoberto" mais tarde, na Itália.

Kusturica revela ainda que Maradona não compareceu a uma audiência com o papa João Paulo 2º por ter ingerido, nesse dia, "uma grande dose de narcóticos".

 Fonte Gazeta


Loading. Please wait...

Fotos popular