Pravda.ru

Desporto

Boris Berezovski lava dinheiro no Brasil?

18.09.2006
 
Boris Berezovski lava dinheiro no Brasil?

O jornal britânico "The Guardian" divulgou em sua edição do dia 14, que a MSI, gestora do futebol do Corinthians e que negociou os argentinos Carlitos Tevez e Javier Mascherano para o West Ham, da Inglaterra, está sendo investigada no Brasil por lavagem de dinheiro. A MSI, filial de uma empresa de investimentos com sede no paraíso fiscal das Ilhas Virgens Britânicas, foi submetida a uma investigação pelas autoridades brasileiras, a pedido da Promotoria do estado de São Paulo, ao assumir o Corinthians, em dezembro de 2004.

O "The Guardian" teve acesso a uma cópia do relatório publicado pela promotoria. Segundo o documento, há provas suficientes que demonstram que a associação entre MSI e o Corinthians está sendo utilizada para a lavagem de dinheiro. O relatório aponta que a operação de lavagem beneficiava o oligarca russo Boris Berezovsky, ex-mentor e sócio do atual proprietário do Chelsea, Roman Abramovich.

O empresário Kia Joorabchian, representante do fundo de investimentos no Brasil, negou categoricamente qualquer envolvimento em operações de lavagem e, em declarações que publicadas pelo próprio "Guardian" ressalta que foi exonerado na investigação feita no Brasil. Por outro lado, ele não quis revelar quem financiou a MSI ou dar detalhes sobre sua associação com o Corinthians - razão pela qual os investigadores brasileiros o acusam de tentar esconder a todo custo quem está por trás das transações. Quando fala sobre a compra do West Ham, ele não diz quem o apóia nestas transações, limitando-se a nomear um empresário israelense.

O Corinthians tem três meses para declarar quem são de fato os investidores secretos da MSI se não quiser ter problemas com a Fifa. O jornal O Estado de S. Paulo apurou que, ontem, em Zurique, o Comitê Executivo da entidade máxima do futebol estipulou que o grupo encarregado de avaliar as questões financeiras do futebol deverá apresentar conclusões de seus trabalhos em dezembro, para que então medidas sejam tomadas. Uma das funções desse grupo é o de avaliar a falta de transparência em clubes, inclusive no envolvimento da MSI no Corinthians e a venda de Tevez e Mascherano para o West Ham.

O presidente da Fifa, Joseph Blatter, já disse em várias ocasiões que estava preocupado com a parceria e sua falta de transparência. O que a Fifa quer é que todos os investidores em clubes sejam declarados para evitar que um só empresário tenha participação em mais de um time. O temor da Fifa é de que, se esse fenômeno se espalhar, quem determinaria o resultado de partidas de futebol não seriam necessariamente apenas os jogadores em campo, mas os executivos.


Loading. Please wait...

Fotos popular