Pravda.ru

Desporto

Ronaldo resolveu falar

18.09.2006
 
Ronaldo resolveu falar

Em entrevista à TV Globo, o jogador do Real Madrid afirmou que pretende jogar mais quatro anos, que ainda não desistiu da seleção brasileira e que ficaria sem problemas no banco de reservas do time de Dunga.

"Meu futuro na seleção só depende do treinador. Se eu jogar bem, ele vai me chamar. Nunca quis um lugar cativo no time. Sempre quis conquistá-lo. Ficaria na reserva com certeza. Todos os grandes jogadores já ficaram no banco e nem por isso foram piores", afirmou o maior artilheiro da história das Copas.

Ele também falou sobre o que aconteceu na Alemanha, porque ele chegou fora de forma. "É simples. Machuquei-me faltando um mês e dez dias e fiquei tratando, sem treinar. Apresentei-me curado, mas fora de forma", disse Ronaldo, que ainda falou sobre a campanha ruim do time brasileiro.

"Criou-se um clima exagerado de favoritismo, que entrou na gente. Todos já assumiram a culpa, eu assumi minha culpa. Não teve nada do que falaram, corpo mole, má-vontade. É uma injustiça nos acusarem disso".

Ronaldo ainda desabafou sobre a possibilidade de ele ter ido para o Mundial deste ano apenas por ser amigos da comissão técnica e dos dirigentes. "Não fui para Copa porque alguém gostava de mim, seja o (Carlos Alberto) Parreira (ex-técnico do Brasil), o Ricardo Teixeira (presidente da CBF), ou qualquer um. Eu fui porque joguei muito bem e mereci", concluiu o jogador que espera estreiar pelo Real Madrid na próxima rodada do Campeonato Espanhol. Ronaldo e o técnico Fábio Capello jamais trabalharam juntos.

Gazeta Press


Loading. Please wait...

Fotos popular