Pravda.ru

Desporto

Portugal 0 Suiça 2

15.06.2008
 
Portugal 0 Suiça 2

Para Portugal, com oito mudanças na primeira equipa, este não passou de um jogo de treino, já com o primeiro lugar garantido no Grupo A – e o adversário Suiça com a passagem impossibilitada. Bola na barra para Portugal na primeira parte, em que Ricardo fez três defesas importantes. Na segunda parte, Hakan Yakin bisou, aos 70’ e 81’ (pen).

8 momentos de destaque na primeira parte, 5 para Portugal e 3 para a Suiça, que teve excelentes hipóteses de inaugurar o marcador. Aos 7’, Miguel, Quaresma e Hélder Postiga ligaram bem numa jogada que culminou no remate de cabeça do número 23 português ao lado da baliza de Pascal Zuberbuhler. Aos 15’, Suiça subiu. Ricardo defendeu bem o remate de Valon Behrami na sequência de um canto.

Dois minutos mais tarde, o livre de Nani encontrou Pepe na área, cujo remate ressaltou do guarda-redes suíço e bateu na barra. Aos 19’, outro livre, de Quaresma, encontrou a cabeça de Bruno Alves mas Zuberbuhler agarrou a bola. Aos 22’, Ricardo fez outra defesa importante, negando Inler na sequência de um remate de longe.

Aos 23’, Nani roubou a bola no meio campo, correu 45 metros com ela e centrou para Postiga, cujo remate foi interceptado por Senderos. Aos 27’, outra vez Nani, com um ponta-pé livre directo à baliza, onde Zuberbuhler estava atento. Finalmente, excelente defesa de Ricardo, negando Hakan Yakin aos 31’, que rematou de cabeça à queima-roupa.

Na segunda parte, dois golos para a Suiça. Gokhan Inler começou logo aos 46’ a mostrar a intenção da sua equipa, na despedida do treinador Kobi Kuhn. Ricardo defendeu mais uma vez. Nani atirou contra o poste aos 52’, após passe de Miguel Veloso. Aos 58’, Quaresma provocou excelente defesa do guardião suíço e a partir daí, os jogadores menos utilizados por Scolari nada mais fizeram.

Aos 61’, jogada entre Inler e Barnetta viu Pepe esforçado a tirar a bola para canto, sob pressão; aos 64’, Inler bateu no poste, sequência de uma bomba de fora da área; aos 70’, o 1-0.

Yakin recebeu um belo passe do meio campo e rematou entre as pernas de Ricardo, sem qualquer hipótese. Aos 81’, penalti. Fernando Meira conectou com Barnetta. Ricardo atirou-se para a direita mas o remate de penalti de Yakin foi bom demais. 2-0.

No final do jogo, uma homenagem ao treinador pelos jogadores e público da Suiça, que viu sua equipa a sair, mas de cabeça levantada.

Grupo A Após 3 jogos

Portugal 6 pontos 2 vitórias, 0 empates 1 derrotas 5 golos marcados 3 golos sofridos

Turquia 6 –2 – 0 – 1 - 5 – 5

Suiça 3 – 1 – 0 – 2 - 3 – 3

Rep. Checa 3 – 1 – 0 - 2 – 4 – 6

República Checa 1 Suiça 0

Portugal 2 Turquia 0

Rep. Checa 1 Portugal 3

Suiça 1 Turquia 2

Suiça 2 Portugal 0

Turquia 3 Rep. Checa 2

Passam Portugal e Turquia

Ivan PODGORNY

PRAVDA.Ru

Foto: Kobi Kuhn, treinador da Suiça


Loading. Please wait...

Fotos popular