Pravda.ru

Desporto

Kaká pode ser interrogado quanto às suas relações com Renascer

15.01.2008
 
Kaká pode ser interrogado quanto às suas relações com Renascer

Kaká, o melhor jogador do mundo segundo Fifa, pode ser interrogado pela Procuradoria brasileira quanto às suas relações com a Igreja Renascer. Em nota divulgada por sua assessoria de Imprensa, a Igreja Renascer atacou o Ministério Público pelo pedido de interrogatório feito ao Kaká, segundo O Estado de S. Paulo.

 O texto acusa o promotor Marcelo Mendroni, responsável pelas investigações sobre o casal Estevam e Sônia Hernandes, de estar “em busca dos holofotes da mídia” e ultrapassar “os limites de suas atribuições”, afrontando “o credo religioso”. A nota também afirma que a reportagem publicada no fim de semana pela revista Carta Capital sobre as relações de Kaká com os líderes da igreja está “repleta de erros e suposições”.

 A nota da Renascer, além de classificar as investigações como “atentado à liberdade religiosa”, afirma que entrará com uma representação contra ele.

O pedido de interrogatório foi enviado pelo promotor à Procuradoria-Geral de Milão em 14 de setembro de 2007, segundo a reportagem. Nele, Mendroni pede detalhes da relação do jogador com o casal, quantas vezes eles estiveram em sua casa e o valor dos dízimos pagos por Kaká à Universal, que chegam a R$ 2 milhões por ano - o salário do jogador é de cerca de R$ 16 milhões anuais.

No ano passado, Estevam e Sônia Hernandes foram detidos nos Estados Unidos por contrabando de dinheiro. Foram condenados a cinco meses de prisão domiciliar. Eles também são investigados no Brasil por desvio de recursos.

Procurado pela reportagem, o meia Kaká informou, por meio de seu assessor de Imprensa, que não fará nenhum comentário sobre a Renascer.


Loading. Please wait...

Fotos popular