Pravda.ru

Desporto

1º de Agosto e Petro de Luanda: juntos pelo registo de nascimento

14.02.2019
 
1º de Agosto e Petro de Luanda: juntos pelo registo de nascimento. 30443.jpeg

1º de Agosto e Petro de Luanda: juntos pelo registo de nascimento

 

A Federação Angolana de Futebol (FAF) e os dois maiores clubes de futebol, angolanos, 1º de Agosto e Petro de Luanda, manifestaram o seu compromisso com os esforços do Governo de Angola em registar todas as crianças.

 

O compromisso foi manifestado no sábado. no estádio 11 de Novembro, em Luanda, no início da partida entre os dois clubes contando para mais uma ronda do Girabola ZAP.

Antes do início da partida, os jogadores dos dois clubes entraram em campo com a camisola da campanha e, diante de mais de 30 mil adeptos, os capitães leram uma declaração de apoio à iniciativa.

 

"Nós, os jogadores do Primeiro de Agosto e do Petro de Luanda, nos unimos aos esforços de Angola para registar todas as crianças. Faça o mesmo. Registe já a sua criança. Ela tem direito a todas as oportunidades", declararam os capitães.

 

Desta forma, as duas equipas e a FAF passaram a fazer parte do grupo de aliados da campanha Paternidade Responsável, realizada pelo Ministério da Justiça e dos Direitos Humanos com o financiamento da União Europeia e o apoio do UNICEF.

O evento foi ainda testemunhado pelo Ministro da Justiça e dos Direitos Humanos, das Ministras da Juventude e Desportos e da Acção Social, Família e Promoção da Mulher; os Secretários de Estado da Comunicação Social, dos Desportos, dos Direitos Humanos e Cidadania, Família e Promoção da Mulher, o representante do UNICEF em Angola e membros da sociedade civil.

 

Sobre a campanha Paternidade Responsável

A campanha pretende promover a paternidade responsável em Angola, tendo como público prioritário homens com idades entre os 18 e 50 anos. Nesta primeira fase, o objectivo é encorajar os homens a registarem os seus filhos.

 

Em Angola apenas 25% das crianças de até 5 anos de idades está registada. A fuga à paternidade, tal como o abandono das crianças e a negligência familiar, e a falta de serviço em algumas localidades, são factores que levam a baixa taxa de registo de nascimento.

 

A campanha Paternidade Responsável foi lançada no dia 12 de Dezembro de 2018 pelo Ministro da Justiça e dos Direitos Humanos, Dr. Francisco Queirós, e conta com a participação de figuras públicas como o músico Anselmo Ralph, o porta-voz do Comando Provincial de Luanda da Polícia Nacional, Mateus Rodrigues, e os representantes de duas associações de taxistas de Luanda. Com esta iniciativa, a campanha terá como aliados os jogadores os clubes 1º de Agosto e o Petro de Luanda.

 

Luanda 11 de Fevereiro de 2019

 

Para mais informações, contacte o GCII do Ministério da Justiça e dos Direitos Humanos:

9188 81 686 / 931 403 218

 


Loading. Please wait...

Fotos popular