Pravda.ru

Desporto

Brasil: Ministério do Turismo investe nos Jogos Pan-Americanos

12.07.2007
 
Pages: 12
Brasil: Ministério do Turismo investe nos Jogos Pan-Americanos

Os investimentos do Ministério do Turismo nos Jogos Pan-Americanos Rio 2007 deixam um importante legado para a cidade. De acordo com a ministra do Turismo, Marta Suplicy, o compromisso dentro do Plano Nacional de Turismo, que se aplica ao Rio de Janeiro, é o de avançar na atividade dentro das perspectivas de geração de mais empregos e renda.

"Estamos, de um lado, fortalecendo o investimento em pessoal mais capacitado; e de outro criando mais oportunidades para os brasileiros viajarem. A idéia é ganhar musculatura no turismo doméstico, fortalecendo um círculo virtuoso de nossa economia. O Rio é um dos carros-chefes dessa estratégia", explica a ministra Marta Suplicy.


O Ministério do Turismo está aplicando R$ 107 milhões na reforma, ampliação e em melhorias no aeroporto Santos Dumont (RJ). A obra projetará a capacidade do aeroporto de 117 mil passageiros/dia para 700 mil/dia. Outros R$ 10 milhões estão sendo investidos em projetos com diversos parceiros, como prefeitura do Rio de Janeiro, Cufa (Central Única de Favelas), Abrasel (Associação Brasileira de Bares e Restaurantes), Amebras (Associação das Mulheres Empresárias do Brasil),IH (Instituto de Hospitalidade), Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai), Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (Senac) e Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel).


"Tudo o que está sendo feito para o Pan terá um impacto permanente em áreas como infra-estrutura, inclusão social e qualificação profissional", afirma Paula Sanches, coordenadora-geral do Ministério do Turismo no Pan.


São recursos em projetos de promoção na imagem do Brasil e que qualificam ainda mais a cidade do Rio de Janeiro para sediar eventos internacionais. Vale destacar projetos de capacitação, de produção associada e inclusão social sob a responsabilidade da Secretaria Nacional de Programas de Desenvolvimento do Turismo.


Estão em execução os seguintes projetos:


Trilha Jovem: 360 jovens de 16 a 24 anos, de várias comunidades carentes do Rio, beneficiados com educação profissional;


Armazém do Samba: instalação de infra-estrutura (equipamentos e móveis para a loja, ponto de informações turísticas, espaço multimídia, oficinas, salas de aula, espaço para estoque e sinalização turística), equipamentos (máquinas de costura, mesas para cortes e modelagens), oficina de moda e de turismo. Ponto de comercialização permanente da Associação de Mulheres Empreendedoras do Brasil (Amebras) na Cidade do Samba, que deverá beneficiar 600 mulheres;


Programa de Alimento Seguro no Turismo: qualificação de 231 ambulantes das praias de Copacabana, Leme e Flamengo em boas práticas em manipulação e produção dos alimentos;


Programa de Requalificação do Destino Rio de Janeiro: qualificação de sete mil profissionais empregados em atividades turísticas para oferecer maior qualidade nos serviços, ampliação da oferta de hospedagem para os turistas;


Sistema de comunicação: central de atendimento bilíngüe (espanhol e inglês) com a participação de 124 taxistas e posições de recepção das quatro operadoras que prestam serviço de telefonia móvel no RJ;


Formação Profissional de Jovens para Inserção Sócio-Econômica na Cadeia Produtiva do Turismo: formação profissional de 1.200 jovens, de 16 a 19 anos, das comunidades de Acari, Complexo do Alemão, Madureira e Cidade de Deus;


Programa de Qualificação e Alimentação dos Voluntários que atuaram nos Jogos: 8.600 voluntários e 120 instrutores;


Exposição de Fotografias: duas exposições voltadas para o público dos Jogos Pan-Americanos. Participam 17 jovens fotógrafos residentes em áreas de baixa renda do Rio de Janeiro. A primeira exposição terá como tema modalidades esportivas praticadas nas favelas cariocas, com fotografias de diferentes regiões da cidade. Ela traça um panorama da prática esportiva individual e de como o esporte se introduz e influencia o dia a dia das comunidades retratadas. A segunda exposição será de fotografias do Parapan, produzida pelos mesmos jovens do trabalho anterior. Realizada a partir de documentação fotográfica, feita no período de 12 a 19 de agosto, será complementada com o registro de trabalhos com portadores de necessidades especiais;


Praça das Medalhas: espaço montado na Praia de Copacabana, e que funcionará durante o mês de julho para promover o turismo das 26 Unidades da Federação e do Distrito Federal, além da diversidade cultural brasileira. Serão montadas três tendas cenográficas que possibilitarão aos turistas e à população do Rio de Janeiro conhecer "de perto" as diversas regiões do País. Será um local de entretenimento, exibição das competições oficiais e solenidades da programação oficial do Pan, vídeos de destinos turísticos do país e shows culturais, retratando os diversos aspectos regionais do Brasil. O público contará, também, com uma "mega-store" dos Jogos Pan-americanos.


Estande na Vila do Pan: destinado à promoção do Brasil dentro da área internacional da Vila do Pan, principal local de lazer e convivência das delegações esportivas hospedadas na Vila. O foco da divulgação será em torno dos segmentos do esporte, cultura, ecoturismo, sol e praia.

Pages: 12

Loading. Please wait...

Fotos popular