Pravda.ru

Desporto

"Caso Mateus" parece estar longe do fim

11.09.2006
 
"Caso Mateus" parece estar longe do fim

As ameaças feitas pela Fifa ao futebol português tiveram efeito imediato. Depois de o Gil Vicente ter acionado a justiça comum contra uma decisão da Liga de Futebol naquele que já ficou conhecido como o “Caso Mateus”, a Federação Portuguesa de Futebol (FPF) não teve outra solução a não ser recolocar o Belenenses na primeira divisão.

 O Gil Vicente voltou a ser relegado à Liga de Honra (segunda divisão), e aparentemente tudo parecia normal após o anúncio oficial do último dia 6 de setembro.

Entretanto, o Gil Vicente tem mostrado que não vai se intimidar tão facilmente assim. O clube de Barcelos deveria ter enfrentado o Feirense no último domingo (10 de setembro), pela Segundona, mas a partida não aconteceu.

 A diretoria gilista( foto: o pesidente António Fiúza ). simplesmente afirmou que o time não entraria em campo, já que a briga judicial permanece. Resultado: o árbitro Paulo Baptista, designado para o encontro, aguardou por uma hora fora do estádio do Gil Vicente, que permaneceu fechado durante todo o dia. A partida foi cancelada, e o caso parece estar longe do fim.

Já o Belenenses recebeu o Vitória de Setúbal e venceu o jogo por 2 a 0. Fundado em 1919 e campeão nacional uma vez, o tradicional clube lisboeta do bairro do Restelo parece que vem fazendo prevalecer sua influência junto aos dirigentes do futebol português. 

 O Gil Vicente, fundado em 1924 e sem grande presença no panorama nacional, continua afirmando que o imbróglio todo em torno da inscrição do jogador Mateus é culpa da FPF. A história está longe de ter um final feliz e, por enquanto, tem servido apenas para arranhar a imagem do futebol português e sua cartolagem.

Tivela

 


Loading. Please wait...

Fotos popular