Pravda.ru

Desporto

Manchester United liquidou a Roma aplicando um histórico 7 a 1

11.04.2007
 
Manchester United liquidou a Roma aplicando um histórico 7 a 1

O Manchester United liquidou a Roma no estádio Old Trafford aplicando um histórico 7 a 1 no time italiano e garantiu uma vaga nas semifinais da Liga dos Campeões. O adversário do Manchester sai do confronto entre Bayern de Munique e Milan, marcado para esta quarta. O treinador do Manchester escocês Alex Ferguson disse que esta foi a melhor partida que presenciou nos 20 anos em que está no comando do Manchester United.

"Não estava esperando por isso ou por algo semelhante. Foi o nosso melhor jogo até hoje, uma performance fantástica de cada um de nossos jogadores. A velocidade de nosso jogo e nossa penetração foram absolutamente soberbas. Tivemos confiança em nós mesmos após alguns resultados ruins", comentou o treinador ao site oficial no clube britânico.

"Quando marcamos o terceiro gol [aos 18 minutos do primeiro tempo, com Wayne Rooney], me dei conta que seria algo grandioso. Foi uma partida de uma qualidade excepcional. Um dia especial, algo pouco comum, que entra para a história de qualquer grande clube", acrescentou.

A noite na cidade de Manchester teve como principal dono o português Cristiano Ronaldo, que anotou dois gols e participou de outros três.

Diferentemente da partida realizada na quarta-feira passada, quando foram fundamentais para o triunfo da Roma, os brasileiros não realizaram uma boa jornada no duelo desta terça-feira. O goleiro Doni falhou no primeiro gol, Mancini pouco produziu no ataque e Taddei nem foi a campo - o ex-palmeirense estava escalado, participou do aquecimento, mas sentiu uma lesão e sequer ficou no banco de reservas.

Já o Manchester, líder do Campeonato Inglês e presente nas 11 últimas edições da Liga, alcança as semifinais com um time praticamente britânico. Dos 11 atletas que iniciaram o confronto nesta terça-feira, apenas o goleiro Van der Sar, o lateral-esquerdo Heinze e o meia Cristiano Ronaldo não são da terra da rainha.

O principal trunfo dos "Diabos Vermelhos" foi o rápido toque de bola no meio campo e ataque, envolvendo a defesa do time visitante, que não demonstrou nenhuma reação para impedir que os atacantes adversários chegassem com tanta facilidade à frente de Doni.

Jogo. O Manchester United começou o jogo pressionando, mas quem finalizou primeiro a gol foi a Roma. O capitão Totti arriscou um chute de fora da área aos 5min, mas a bola foi pra fora.
A partir daí começou o massacre do time inglês sobre o italiano. Aos 11min, Cristiano Ronaldo serviu Carrick, que percebeu que Doni estava mal posicionado e bateu colocado no canto esquerdo do goleiro brasileiro para abrir o placar.

AS MAIORES GOLEADAS EM JOGOS DE QUARTAS-DE-FINAL

2006-07

Manchester 7 x 1 Roma

1961-62

Benfica 6 x 0 Nuremberg

1958-59

Real Madrid 7 x 1 Viena

1957-58

Real Madrid 8 x 0 Sevilla

1955-56

Milan 7 x 2 Rapid Viena

Cinco minutos depois, uma bela troca de passes dos donos da casa, tudo de primeira, envolveu os visitantes. Carrick arrancou pelo meio e tocou para Heinze na esquerda; o argentino passou para Giggs assistir Smith, que finalizou com perfeição na saída de Doni.

Aos 18min, atordoada em campo, a Roma viu o Manchester chegar rápido pelo lado direito do ataque. O português Cristiano Ronaldo começou a jogada no campo de defesa, passou por três adversários e tocou para Giggs. O meia inglês cruzou rasteiro e o artilheiro Wayne Rooney apareceu quase na pequena área para desviar do arqueiro brasileiro e fazer 3 a 0.

Após obter tão rapidamente a vantagem que lhe classificava à próxima fase, a equipe de Fergunson diminuiu o ritmo de jogo. A Roma passou a ter o domínio da partida, mas sem qualidade para chegar com perigo ao gol do holandês Van der Sar. Já o Manchester passou a explorar os contra-ataques, e Cristiano Ronaldo fez Doni trabalhar em dois chutes de fora da área.

Aos 42min, o atacante português avançou pela esquerda e, em sua terceira tentativa, bateu forte e rasteiro no canto esquerdo de Doni para fazer 4 a 0.

Não satisfeito, o Manchester iniciou o segundo tempo pressionando a Roma e logo aos 3min, em mais uma assistência de Giggs, Cristiano Ronaldo completou de primeira na área e fez seu segundo gol na partida e na atual edição da Liga.


O massacre continuou, e o sexto gol aconteceu aos 11 minutos depois. Em mais uma jogada iniciada por Cristiano Ronaldo, Heinze recebeu pela esquerda e rolou para Carrick, que bateu colocado no ângulo esquerdo de Doni e marcou mais um golaço.

A Roma anotou o gol de honra aos 23min: Totti cruzou na área e De Rossi finalizou de voleio no canto esquerdo de Van der Sar. Aos 35min, Evra recebeu pela direita, avançou sem marcação e, da entrada da área, chutou rasteiro, no canto esquerdo de Doni, para fechar a goleada.

 Fonte Vol Esporte 


Loading. Please wait...

Fotos popular