Pravda.ru

Desporto

Obrigadão, Felipão!!

08.07.2006
 
Obrigadão, Felipão!!

Terceiro lugar merecido para os rapazes de Klinsmann – Scolari leva Portugal para alturas não conseguidas há 40 anos. Se alguém tivesse perguntado aos adeptos portugueses há quatro curtas semanas se um lugar entre as quatro melhores equipas de futebol no mundo seria aceitável, a resposta teria sido positivo. Por isso parabéns para Felipão e todo o grupo de trabalho na selecção portuguesa de futebol.

A primeira parte do jogo produziu três picos de emoção entre futebol fluente e apaixonado – a oportunidade dourada de Pauleta aos 15’, quando, frente ao guarda-redes Kahn, passou a bola em vez de rematar, o remate de Kehl aos 20’ foi virado por cima por Ricardo e quatro minutos depois, o mesmo (o primeiro guarda-redes a defender três penaltis numa fase final da Copa) negou Podolski de forma brilhante. Ao Ricardo não deve faltar emprego durante os próximos quatro anos.

Depois do intervalo, Alemanha subiu uma velocidade e o jovem Bastien Schweinsteiger, de 21 anos, explodiu. Aos 56’, bailou à volta da defesa portuguesa, levando a bola da esquerda para a direita, passando o Petit, antes de rematar um tiro venenoso de 21 metros de distância, que Ricardo viu, mas tarde demais. Cinco minutos mais tarde, o seu ponta-pé livre também de alguns metros do lado direito da área entrou, mas convertido pelo infeliz Petit, que não teve culpa no lance. Aos 78’, do mesmo lugar, enviou um tiro de canhão para a baliza de Ricardo. 3-0.

Portugal também teve as suas hipóteses de marcar. O remate de Deco foi bloqueado por Oliver Kahn aos 62’, aos 81’, Nuno Gomes (que substituiu Nuno Valente aos 61’), criou uma situação perigosíssima na pequena área alemã e dois minutos mais tarde, Kahn bloqueou um remate potente de Cristiano Ronaldo, o jogador mais assobiado deste Mundial, sem se saber bem por quê. Finalmente, Nuno Gomes justificou a sua inclusão no grupo por Scolari, que o utilizou como terceira opção no ataque, aos 87’, convertindo um belo cruzamento de Luís Figo com a cabeça.

Alemanha merece o terceiro lugar, enquanto Portugal logrou e confirmou um novo ciclo nos cinco primeiros lugares do futebol mundial. A geração de ouro é afinal esta. Ambas as equipas fizeram sete jogos. A seguir vamos analisar os resultados:

Alemanha

Alemanha 4 – Costa Rica 2

Alemanha 1 – Polónia 0

Alemanha 3 – Equador 0

Alemanha 2 – Suécia 0

Alemanha 1 – Argentina 1 (após prolongamento, 4-2 penáltis)

Alemanha 0 – Itália 2 (após prolongamento 0-0)

Alemanha 3 – Portugal 1

7 jogos, 14 golos, 4 sofridos. Seis vitórias, uma derrota.

Portugal

Portugal 1 – Angola 0

Portugal 2 – Irão 0

Portugal 2 – México 1

Portugal 1 – Holanda 0

Portugal 0 – Inglaterra 0 (após prolongamento, 3 – 1 penáltis)

Portugal 0 – França 1

Portugal 1 – Alemanha 3

7 jogos, 7 golos, 5 sofridos. Cinco vitórias, duas derrotas.

Portugal pode não ser a melhor equipa no mundo mas Scolari levou-a a alturas não conseguidas há quase meio-século. Se não for a melhor equipa, é uma das melhores.

Obrigadão, Felipão!

Timothy BANCROFT-HINCHEY

PRAVDA.Ru


Loading. Please wait...

Fotos popular