Pravda.ru

Desporto

Blatter: atletas não devem sair de campo por racismo

07.01.2013
 
Blatter: atletas não devem sair de campo por racismo. 17744.jpeg

Os jogadores que forem alvos de insultos raciais durante uma partida não devem abandonar o campo como fizeram os jogadores do Milan na semana passada, declarou o presidente da Fifa, Joseph Blatter. O meio-campista ganês Kevin Prince Boateng liderou a saída de campo dos atletas do Milan em uma partida amistosa contra o Pro Patria, da quarta divisão, que acabou sendo cancelada, depois que torcedores proferiram cânticos racistas.

"Abandonar? Não. Não acho que essa seja a solução. Não acho que alguém pode sair, porque com o tempo alguém pode abandonar uma partida se está perdendo", disse Blatter, ao jornal The National de Abu Dabi em sua edição deste domingo.

Ressaltando que deveria haver "tolerância zero com o racismo nos estádios", Blatter exortou às autoridades locais do futebol a impor "severas" punições, como retirar pontos de equipes. Blatter acrescentou que a Federação Italiana ainda não entregou à Fifa um relatório sobre o incidente de quinta-feira.

Depois de receber vários insultos durante o amistoso, Boateng chutou a bola, revoltado, em direção a um dos setores do estádio. Em seguida, retirou a camiseta e abandonou o campo junto com o resto dos jogadores do Milan. Outros jogadores da equipe, como Urby Emanuelson, Sulley Muntari e M'Baye Niang também foram alvo de cânticos.

http://www.dgabc.com.br/News/6002354/blatter-atletas-nao-devem-sair-de-campo-por-racismo.aspx

 


Loading. Please wait...

Fotos popular