Pravda.ru

Desporto

Uruguai rumo a Cúcuta à cata de lembranças douradas e bronzeadas 1955

04.07.2011
 

Uruguai rumo a Cúcuta à cata de lembranças douradas e bronzeadas 1955. 15247.jpegA delegação uruguaia rumo ao próximo Sul-Americano Masculino de Basquete Júnior Sub-17 que vai acontecer na cidade de Cúcuta de 16 à 23 de Julho de 2011 está prestes a decolar. Folhando os jornais do passado, às 18:25 h da Quarta 10 de Agosto de 1955 decolava do Aeroporto Internacional de Carrasco (Montevidéu) o avião que deslocava a delegação uruguaia rumo ao XVI Sul-Americano de Seleções Adultas e o Primeiro de Seleções Juniores que aconteceram em paralelo no Estádio Rojas Pinilla de Cúcuta na Colômbia.

Àquele de 1955 foi um roteiro aéreo quase eterno pois a delegação uruguaia acabou viajando de Montevidéu até Buenos Aires, com escalas em Santiago de Chile, e Lima (Peru), cidade na qual se hospedaram para continuar logo rumo às cidades colombianas de Cali e Bogotá, chegando na sede dos eventos, Cúcuta ao sábado 13 de manhã.

A delegação uruguaia toda foi integrada pelo Presidente, Washington Fradiletti, os delegados, Dr. Elbio Rodríguez Peinado e Aníbal P. Gardone (que já tinham chegado na Colômbia naquele instante). O treinador dos adultos foi Héctor López Reboledo e dos juniores, Julio Freigedo. O kinesiólogo, um ícone do esporte uruguaio nesse segmento, Dante Cocito, sendo que os árbitros foram Juan Francisco Carro e Juan Ángel Nicola. Por enquanto, convidados pela Associação Nacional Colombiana de Basquete o Sr. Antonio Lisanti e Ángel W. Fortunatti.

Os basquetebolistas adultos uruguaios foram: Ramiro Cortés (Salto), Oscar Moglia (Nº. camisa 154 - Club Atlético Welcome), Manuel Usher (El Faro), Sergio "Canario" Matto (Club Atlético Peñarol), Nelson "Fogata" Demarco (147 - Montevideo Basketball Club, Capitão), Héctor "Cacho" García Otero (Peñarol), Miguel Falchi (Montevideo Basketball Club), Milton "Negro" Scaron (Club Atlético Unión), Carlos "Inglês" Blixen (Club Trouville), Nelson Chelle (146 - Club Atlético Atenas), Héctor "Guanaco" Costa (145 - Sporting Club Uruguay), Héctor García (Club Nacional e Football substituindo o cestinha Olímpico 1948 e 1952, Adesio Lombardo que tinha renunciado), Raúl Ebers "Yiyo" Mera (152 - Club Atlético Stockolmo) y Ramón Mera (151 - Club Atlético Stockolmo - irmão mais velho do Raúl Ebers).

Aliás, os juniores "charruas" foram: Loenidas Moltedo (Club Malvín), Enrique Pardo (Club Atlético Goes), Marcos Fainerman (Club Atlético Goes), Carlos Moreira, Walter Márquez (Club Atlético Tabaré), Rodolfo Iribarren, Julio C. Piemonte, Miguel A. Cabot (Sporting Club Uruguay), Nelson Torres (Institución Atlética Larre Borges) y Jorge Ures (Welcome).

Nessa oportunidade o treinador da seleção brasileira júnior foi o José Simões Henriquez (Campeão Sul-Ameicano no Rio de Janeiro 1939 ainda como jogador) que naquela data e numa reportagem na prévia do início do torneio, confirmou para os repórteres que todos os rivais iam ser extremamente difíceis até a própria Colômbia como anfitrião pela força que ia lhe dar a torcida desde as arquibancadas.

Fora que o primeiro Sul-Americano de Seleções Adultas aconteceu no Stadium Nacional da Cidade Velha de Montevidéu em 1930, o início mesmo dos torneios continentais foi no Rio de Janeiro 1922 comemorando os Jogos Latino-Americanos e o primeiro século da independência brasileira.

Alguns dos jogadores brasileiros juniores que participaram foram: Pozzi, o Dos Santos, Callado, Blanc, Polizzi, Guimarães Mário Luiz., Carlos, Maurício, Edson, Bacelar, Luis e, Bras.

Uruguai sofreu duas derrotas, perante Argentina, logo 1º. Campeão Junior, 65 - 63 e 75 - 67 perante o Brasil (Vice-Campeão).

O brasileiro Jamil Gedeão (17 conquistados) foi Campeão Sul-Americano de Lances Livres !!! Acredite ou não os Sul-Americanos de basquete ainda envolviam Torneios de Lances Livres deixando uma rodada livre para deixar acontecer esses eventos em si próprios que alguns anos depois ia sumir do cardápio esportivo.

A delegação boliviana não compareceu na categoria adulta mas foi a estréia internacional na júnior que teve que sofrer uma derrota terrível perante os verde-amarelos 86 - 37 (44 - 18). Mesmo assim os bolivianos chegaram com retraso no torneio e não tomaram parte de todos os jogos do calendário.

Houve rodadas dos dois torneios desenvolvidos coordenadamente que tiveram cinco jogos!!! Também...acredite ou não....

Ruy de Freitas, treinador da seleção brasileira adulta e o Simões treinador dos juniores em Cúcuta e em Montevidéu em Adultos, foram Campeões Sul-Americanos Adultos em Guaiaquil 1945 sendo jogadores.

A seleção brasileira adulta estava integrada pelos jogadores que detalham-se a seguir: Zeni de Azevedo (Algodão), Wlamir, Jamil Gedeão, Pacente, Olivieri, Phol de Noriega, Almir, Angelo Bonfietti (Angelim - Capitão), Vinagre, Penna (Peninha), Arnaldo Da Silva e Walter Marques.

Os árbitros da delegação brasileira foram: Hélio Louzada e Agá Newton.

Argentina virou primeiro Campeão Sul-Americano Júnior vencendo na última rodada com cheiro de final à seleção brasileira 63 - 52 (29 - 24)

Segundo a imprensa da época, aqueles cucutenhos do decênio de 1950 viraram orgulhosos pois assim que um torneio Sul-Americano foi sediado na Colômbia, Cúcuta foi a primeira cidade em tê-lo organizado sempre, seja qual for o esporte.  

Embora, e de olho nessa cidade anfitriã dos eventos, o uruguaio Héctor Costa, Cúcuta era uma cidade aconchegante mas muito pequena pois a população alcançava apenas 90 mil pessoas...fora isso, muito quente, negócio que sofreram bem mais as duas seleções do Rio da Prata.Uruguai rumo a Cúcuta à cata de lembranças douradas e bronzeadas 1955. 15248.jpeg

A concentração venezuelana não esteve sediada no território colombiano senão na própria cidade de São Cristóvão na Venezuela distante apenas duas horas de carro pela moderna rodovia que unia a duas cidades da fronteira. Aliás maioria de colombianos vindos de outras regiões e venezuelanos invadiram Cúcuta deixando-a sem vagas nos hotéis.

Brasil foi o primeiro em chegar em Cúcuta como continua acontecendo hoje...foi na Segunda 8 de Agosto, prévia ao início do Sul-Americano (Sábado 13).

Agora é a vez da história moderna, quem sabe acabam escrevendo com hierarquia esta turma de uruguaios mais uma vez nos Sul-Americanos cucutenhos.

Eis aqui todos os resultados daqueles confrontos e as classificações desses  dois Sul-Americanos.

RESULTADOS do 1º.  CAMPEONATO SUL-AMERICANO JÚNIOR

13 de agosto

Colômbia 44 - Equador 41

15 de agosto

Uruguai 55 - Venezuela 43

Brasil 52 - Peru 38

Argentina 76 - Chile 54

17 de agosto

Peru 63 - Venezuela 54

Brasil 71 - Equador 41

Chile 48 - Colômbia 40

19 de agosto

Peru 75 - Chile 59

Brasil 73 - Colômbia 44

20 de agosto

Argentina 65 - Uruguai 63

21 de agosto

Brasil 86 - Bolívia 37

Uruguai 51 - Peru 46

Argentina 70 - Colômbia 39

Venezuela 61 - Equador 39

22 de agosto

Brasil 61 - Chile 50

23 de agosto

Equador 50 - Chile 36

Argentina 96 - Venezuela 59

Peru 49 - Colômbia 42

24 de agosto

Uruguai 54 - Colômbia 38

Chile 95 - Bolívia 17

25 de agosto

Venezuela 57 - Bolívia 48

Argentina 70 - Equador 48

26 de agosto

Brasil 75 - Uruguai 67

Chile 87 - Venezuela 59

27 de agosto

Uruguai 50 - Equador 48

Argentina 70 - Peru 57

Colômbia 41 - Bolívia 24

Brasil 73 - Venezuela 38

28 de agosto

Colômbia 41 - Bolívia 24

Brasil 73 - Venezuela 38

Peru 65 - Equador 46

29 de agosto

Argentina 63 - Brasil 52

30 de agosto

Peru 63 - Bolívia 30

Venezuela 61 - Colômbia 49

31 de agosto

Uruguai 52 - Chile 49 (adiado do dia 30 para o 31 por causa da chuva)

CLASSIFICAÇÃO

ARGENTINA (Campeã) - 8 Jogos - 8 vitórias - sem derrotas - 8 pontos

BRASIL - (Vice-Campeão) - 8 Jogos - 7 vitórias - 1 derrota - 7 pontos

URUGUAI - 8 Jogos - 6 vitórias - 2 derrotas - 6 pontos

PERU - 8 Jogos - 5 vitórias - 3 derrotas - 5 pontos

CHILE - 8 Jogos - 5 vitórias - 3 derrotas - 5 pontos

VENEZUELA - 8 Jogos - 3 vitórias - 5 derrotas - 3 pontos

COLÔMBIA - 8 Jogos - 2 vitórias - 6 derrotas - 2 pontos

EQUADOR - 8 Jogos - 2 vitórias - 6 derrotas - 2 pontos

BOLÍVIA - 8 Jogos - Sem vitórias - 8 derrotas - 0 pontos

RESULTADOS DO XVI SUL-AMERICANO DE BASQUETE ADULTO

13 de agosto

Brasil 42 - Chile 38

14 de agosto

Argentina 44 - Equador 33

Paraguai 50 - Venezuela 42

Uruguai 46 - Peru 38

16 de agosto

Peru 42 - Equador 40

Uruguai 43 - Chile 39

Colômbia 50 - Venezuela 39

17 de agosto

Paraguai 50 - Brasil 43

18 de agosto

Uruguai 87 - Venezuela 57

Colômbia 57 - Equador 50

Argentina 71 - Peru 53

19 de agosto

Torneio de Lances Livres

Argentina Campeã (coletivo)

Jamil Gedeão (Campeão individual)l

20 de agosto

Paraguai 46 - Peru 44

Uruguai 38 - Equador 34

Chile 59 - Venezuela 56

Argentina 45 - Colômbia 42

21 de agosto

Brasil 63 - Argentina 45

22 de agosto

Peru 80 - Venezuela 61

Chile 60 - Colômbia 53

Brasil 57 - Equador 40

23 de agosto

Paraguai 53 - Argentina 50

Peru 67 - Colômbia 42

24 de agosto

Argentina 80 - Venezuela 62

25 de agosto

Paraguai 60 - Chile 67

Uruguai 61 - Brasil 48

26 de agosto

Chile 60 - Equador 45

27 de agosto

Brasil 74 - Peru 55

Paraguai 45 - Colômbia 44

Argentina 57 - Uruguai 56

Equador 69 - Venezuela 51

28 de agosto

Equador 69 - Venezuela 51

29 de agosto

Chile 65 - Argentina 59

Uruguai 69 - Paraguai 62

30 de agosto

Brasil 86 - Venezuela 41

31 de agosto

Peru 57 - Chile 49

Paraguai 58 - Equador 39

Uruguai 63 - Colômbia 54

CLASSIFICAÇÃO

URUGUAI - 8 Jogos - 7 vitórias - 1 derrota - 7 pontos (goal average: 1.19)

PARAGUAI - 8 Jogos - 7 vitórias - 1 derrota - 7 pontos (goal average: 1.04)

BRASIL - 8 Jogos - 6 vitórias - 2 derrotas - 6 pontos

ARGENTINA - 8 Jogos - 5 vitórias - 3 derrotas - 54 pontos

CHILE - 8 Jogos - 4 vitórias - 4 derrotas - 4 pontos

PERU - 8 Jogos - 4 vitórias - 4 derrotas - 4 pontos

COLÔMBIA - 8 Jogos - 2 vitórias - 6 derrotas - 2pontos

EQUADOR - 8 Jogos - 1 vitórias - 7 derrotas - 2 pontos

VENEZUELA - 8 Jogos - 0 vitórias - 8 derrotas - 0 pontos

A delegação uruguaia para o Sul-Americano Masculino Júnior Sub-17 2011 é a seguinte:

Hugo Fernández - Presidente

Francisco Castellanos: Delegado

Fernando "Feiticeiro" Cabrera: Treinador Chefe

Marcelo Capalbo: Treinador Adito

Claudio Arosa: Preparador Físico

Dr. Juan Carlos "Pássaro" García: Medico

Árbitro FIBA: Adrián "Maxi" Vázquez.

NOMES e DATA DE NASCIMENTO dos JOGADORES

Ignacio Franzosi - 25 de Abril de 1994

Lucas Vassallucci - 26 de Abril de 1994

Leonardo Bouchaton - 27 de Abril  de 1994

Fausto Pomoli - 03 de Setembro de 1994

Luciano Parodi - 16 de Fevereiro de 1994

Juan Salvador Zanota - 25 de Abril de 1994

Rodrigo Brause - 10 de Novembro de 1994

Hernando Cáceres - 22 de Agosto de 1994

Imanol Asaravicius - 16 de Abril de 1995

Facundo Alonso - 09 de Maio de 1994

Germán Dellepiane - 05 de Outubro de 1994

Agustín Colina - 05 de Março de 1994

O PRAVDA agradece as informações veiculizadas pelo Depto. de Categorias de Base da Federação Uruguaia de Basquete.

Podem conferir a notícia no site SOTAQUE ESPORTIVO

http://sotaqueesportivo.blogspot.com/

Gustavo Espiñeira

Correspondente PRAVDA.ru

Montevidéu - Uruguai

 

 

 


Loading. Please wait...

Fotos popular