Pravda.ru

Desporto

Russas responderam à grosseria da torcida israelense

04.02.2008
 
Russas responderam à grosseria da torcida israelense

O capitão da equipe russa feminina de ténis Shamil Tarpichev enviou um protesto  a WTA contestando a arbitragem na semifinal da Fed Cap. Devido ao comportamento inadequado da torcida israelense o primeiro dia da disputa foi difícil para as russas.

 Maria Sharapova ganhou o jogo contra Shahar Peer, mas Dinara Safida perdeu para Tzipora Obziler. A um site local, Haaretz.com, Sharapova disse que a rival incentivou o público. "Eu conheço Shahar bem. Ela encorajou o público a gritar alto, mas no fim isso me favoreceu porque ela sabia que não consegueria me vencer", disse.

O confronto decisivo ocorreu no segundo dia entre Anna Chakvetadze e Tzipora Obziler. A tenista da Rússia, sétima do ranking, venceu por 2 a 0, 6-4 e 6-2, e levou o país à semifinal com o placar de quatro vitórias e uma derrota.

Mais tarde Sharapova, que nunca havia defendido as cores do seu país na competição até este final de semana, tinha marcado o segundo ponto para as russas depois de passar pela mais bem rankeada das tenistas israelenses, Shahar Peer, número 17 do mundo.

A campeã do Aberto da Austrália de 2008 não deu qualquer chance à rival e ganhou em 1h14 por duplo 6-1. A vitória foi conseguida com seis quebras de serviço da russa, que desapontou as 5000 pessoas que torciam por Israel.

Confiante, Sharapova não se mostrou surpresa com o resultado. "Eu tenho um bom retrospecto contra ela e não foi surpresa. Eu tenho uma batida muito forte e ela mais defensiva, por isso não foi surpresa para mim", afirmou.

Com o resultado já definido, a dupla formada por Dinara Safina e Elena Vesnina derrotou a dupla israelense. A semifinal será feita contra a seleção vencedora do confronto entre EUA e Alemanha, que neste sábado terminou dia empatado em 1 a 1.

Na outra chave, a Itália, vice em 2007, caiu para a Espanha, que pega a China na semi. Em Pequim, as chinesas passaram pela França e fecharam o confronto em 3 a 2, na disputa do jogo duplas.

Depois de começarem o domnigo com duas derrotas de desvantagem, as francesas reagiram com vitórias de Virginie Razzano e Nathalie Dechy. No quinto jogo, de duplas, as chinesas Zi Yan e Jie Zheng confirmaram a vitória com 2 a 0, 7-5 e 7-6 (7-5), sobre as mesmas francesas, de acordo com Vol.esporte 


Loading. Please wait...

Fotos popular