Pravda.ru

Desporto

Sul-americana: Inter (br) x Estudiantes (ar) com árbitros uruguaios

02.12.2008
 
Pages: 12
Sul-americana: Inter (br) x Estudiantes (ar) com árbitros uruguaios

Na quarta 03 de Dezembro á noite vai acontecer mais uma final da Taça Sul-Americana, desta vez da versão 2008 fazendo que o azar escolhesse o gramado «colorado» do Gigante da Beira Rio como palco.

Esse mesmo Estádio que recebeu a primeira furada nas redes o dia 06 de Abril de 1969 sendo o responsável dessa grande alegria o pretinho Claudiomiro que dando uma cabeçada perfeita e andando os 22 minutos do jogo provocou a maior explosão da torcida, no mínimo a primeira nesse que faz quase meio século é um dos ícones esportivos de cimento sul-americano.

Foi o Beira Rio, o berço do atual treinador cebefense e Campeão do Mundo 1994 nos EUA, Dunga mas também jogaram outros grandes jogadores como o Valdomiro, Fabiano, Sandoval, Marquinhos, Nando, Céliio Silva, Mauo Silva, Jair Gonçalvez Prates, o maravilhoso Falcão, Chico Spina, o Flávio, o zagueiro chileno Elias Ricardo Figueroa que ganhou fama no Peñarol de Montevidéu antes de vestir a camisa colorada, e vindos de Uruguai, o Ruben «cabeça» Paz, Diego Aguirre, Oscar «vasco» Aguirregaray.

Logo uma grande perseguição do primeiro título internacional, a turma que concretizou essa façanha colorada acabou sendo a mais importante para o clube da Avenida Padre Cacique de Porto Alegre pois á medida que o tempo passar, só tem vaga na memória, aqueles que acabam arvorando o caneco de Campeão.

Os colorados de hoje estão muito bem posicionados nesta maratona da Sul-Americana 2008 pois eles já conseguiram a vitória no Estádio Único da cidade de La Plata, na Argentina de 1 x 0 semana retrasada. Os brasileiros todos fora a metade tricolor dos gaúchos vão torcer pelo INTER no segundo jogo desta final bem como vai ocorrer em La Plata, na hora que os torcedores do clube mais idoso da Argentina, o Gimnasia y Esgrima vão rezar nas capelas tentando que o jogo e o caneco fiquem no bolso colorado e não com os vizinhos da cidade.

Isso aí é futebol e paixão!!! Mas só «raciocina-se» assim no mapinha mercosuliano, no qual futebol é quase uma religião.

Será que o Alex vai ser mais uma vez o artilheiro colorado neste jogo? Será que um argentino como é o caso do canhoto D´Alessandro estraga as ilusões de uma turma de argentinos importante. Será que o zagueiro uruguaio «Lalo» Sorondo» consegue melhorar a imagem internacional dos compatriotas e alcançar o primeiro degrau do pódio mesmo contornado pelos brasileiros?

E na outra beira, o super famosos «pincha-ratas» de La Plata, aquele time que com camisa listrada de jeito vertical branca e vermelha, fizeram-no famoso no final do decênio de 1960 e início de 1970, o Carlos Salvador Bilardo, Aguirre Suárez, Malbernat, Flores, Madero, Verón, pai deste grande jogador que hoje vai entrar no Beira Rio.

Famosos nem só pelas conquistas ganhas pela qualidade do timaço senão pelos «alfinetes» que entravam com eles no decorrer dos jogos e provocavam pulos, descontrole e palavrões dos rivais. É claro que foi naquela época que a tecnologia da tevê ainda não os «incomodava» e que o único «inimigo» no campo poderiam ser o árbitro e os bandeirinhas caso tivessem dado uma de espiões a cada partida que o Estudiantes pulasse em campo.

Falando em árbitros o PRAVDA mais uma vez perto destes quatro uruguaios que vão escrever mais uma página no histórico da Taça Sul-Americana tentando garantir justiça neste segundo jogo do Internacional de Porto Alegre e Estudiantes de La Plata.

Por volta das 11 da manhã desta segunda 1° de Dezembro no Muséu do Futebol de Montevidéu, localizado na Arquibancada Olímpica do Estádio Centenario, aconteceu o lançamento de mais um evento FIFA. O Curso de Instrutores de Árbitros que chefiavam os ex árbitros, o brasileiro de Goiás, Antômio Pereira, o paraguaio Amelio Andino e o argentino Roosen.

Na turma de palestrantes, participaram o Presidente do Colégio de Árbitros, Dr. Aníbal de Oliveira, o Dr. José Luis Corbo, Presidente da Associação Uruguaia de Futebol (www.auf.org.uy), o Senador uruguaio e Presidente do Círculo de Jornalistas Esportivos além de ex bi-Prefeito do Estado de Soriano (Uruguai), Gustavo Lapaz Correa e vestido de coordenador, o Mario Romano, Presidente da CAFO (Comissão Administradora do Field Oficial) que procura aprimorar o Estádio Centenario a cada dia.

Segundo o senhor Romano, Uruguai tem montado o Muséu do Futebol pois tem o grande orgulho de ter ganho canecos e medalhas no decorrer da história.

Quanto aos quatro árbitros internacionais uruguaios que vão apitar, bracejar e coordenar de fora a faixa lateral do Estádio Beira Rio, possuem uma ampla experiência internacional, tendo apitado nos últimos tempos, eventos como uma das Semis da Taça do Mundo Alemanha 2006 e o jogo histórico Brasil 6 x Portugal 2 em Gama pertinho de Brasília. Fora isso, o Jorge Larrionda, árbitro da Final confirmou que não entrou em contato com os colegas do primeiro jogo na cidade de La Plata pois alcança com ter assistido o jogo na tevê, que conhece todos os jogadores e o jeito de agir deles, que também foi árbitro no Beira Rio nesta Sul-Americana no jogo INTER x Boca Junior da Argentina e acredita que os quatro vão montar uma turma enxuta tentando deixar a arbitragem uruguaia no topo. É bom salientar que o Jorge Larrionda e o Martin Vázquez são os dois árbitros internacionais uruguaios que ainda concorrem pelas vagas rumo á África do Sul 2010 numa tabela de sete sul-americanos.

Pages: 12

Loading. Please wait...

Fotos popular