Pravda.ru

CPLP » São Tomé

STP: Mulheres no Aniversãrio das Forças Armadas

07.09.2006
 
STP: Mulheres no Aniversãrio das Forças Armadas

07.09.2006-Pravda.ru – (S.Tomé)-Fradique de Menezes anunciou ontem que vai mobilizar esforços junto dos órgãos próprios com vista a aprovação do Conceito Estratégico de Defesa Nacional, considerado pelo presidente da republica como um instrumento crucial para a definição correcta da política de defesa e segurança do País.

Trata-se de um documento que define as grandes linhas da política de defesa e segurança nacional abarcando todos ou os principais sectores da vida nacional. Num discurso proferido por ocasião do 6 de Setembro, dia das forças armadas, Fradique de Menezes referiu-se igualmente sobre a necessidade de se proceder a revisão e actualização do suporte jurídico para o funcionamento das Forças Armadas.

O comandante supremo das forças armadas recordou ainda, que numa altura em que a criminalidade está a atingir proporções alarmantes, e a autoridade do estado não se faz vingar, esta data de 6 de Setembro constitui oportunidade soberana para uma reflexão acerca do futuro das instituições que têm como missão principal a garantia da defesa do território, da sua integridade, do respeito pelos órgãos democráticos das liberdades individuais e da protecção dos bens patrimoniais.

“Temos que prosseguir com as reformas em curso visando adoptar as forças armadas aos novos desafios e as perspectivas que se desenham”, disse o comandante supremo, sublinhando que apesar, no entanto, de ainda estarmos aquém do desejável, algumas acções foram realizadas, com vista a que “as forças armadas tenham o lugar que merecem e possam enfrentar com a dignidade necessária e optimismo no futuro próximo”.

O presidente da república referiu ainda a propósito que a cooperação bilateral e multilateral constitui um “factor potenciador do reforço da segurança e de estabilidade dos nossos países”.

Sublinhou que a actual situação impõe-se que se desenvolva a cooperação técnico militar numa base solidária, profissional, sempre no respeito mútuo pela soberania de cada estado, contribuindo para a paz universal.

Referiu-se nesse contexto ao âmbito da cooperação com Portugal, Estados Unidos da América, Taiwan, França, e Angola como países que contribuíram para a formação de quadros do exercito e da guarda costeira são-tomenses e contribuíram para que S. Tomé e Príncipe participassem em fóruns internacionais de caris militar, deram assessorias técnicas, forneceram lanchas de patrulha costeira, fardamentos, reabilitaram infra-estruturas e forneceram géneros alimentícios.

Fradique de Menezes congratulou-se com o facto de no trigésimo aniversário das Forças Armadas abrir-se uma nova pagina na história dessa instituição com a incorporação, pela primeira vez, de mancebos de sexo feminino.

Para Fradique de Menezes, esse facto revela que as mulheres em S. Tomé e Príncipe estão dispostas a assumirem os lugares que lhes são reservados por direito, de igualdade de direito, sem discriminação.

Suahills Dendê

Pravda.ru

STP


Loading. Please wait...

Fotos popular