Pravda.ru

CPLP » Portugal

"Embarcação do Inferno": co-produção A Escola da Noite / Cendrev

26.11.2016
 

"Embarcação do Inferno": co-produção A Escola da Noite / Cendrev encerra temporada em Coimbra

A Escola da Noite e o Cendrev terminam no próximo dia 4 de Dezembro a temporada em Coimbra de "Embarcação do Inferno", de Gil Vicente.

Ainda no Teatro da Cerca de São Bernardo e sob a inspiração dos diabos vicentinos, a próxima semana oferece oficinas de música para crianças, com Vânia Couto e o Taleguinho, e uma oficina de construção de máscaras, com Delphim Miranda.

Estreada em Évora no passado dia 6 de Outubro e prestes a entrar na quarta e última semana da temporada em Coimbra, "Embarcação do Inferno" é uma co-produção entre A Escola da Noite e o Cendrev que assinala os 500 anos da primeira apresentação do mais conhecido texto de Gil Vicente, também conhecido como "Auto da Barca do Inferno". Em cerca de 50 sessões apresentadas nas duas cidades, o espectáculo já foi visto por quase quatro mil pessoas, de todas as idades.

Com encenação dos directores artísticos das duas companhias - António Augusto Barros e José Russo -, o espectáculo tem sido elogiado pela crítica e pelo público, que salientam a forma como o respeito pelo texto original se articula com uma abordagem cénica contemporânea, com particular destaque para o trabalho dos actores, a interacção com os diferentes bonecos que dão vida a algumas das personagens e a surpreendente cenografia, assinada por João Mendes Ribeiro e Luísa Bebiano. O elenco conta com actores dos dois grupos - Ana Meira, Igor Lebreaud, Jorge Baião, José Russo, Maria João Robalo, Miguel Magalhães, Rosário Gonzaga e Rui Nuno -, os figurinos e bonecos são de Ana Rosa Assunção, a música de Luís Pedro Madeira e o desenho de luz de António Rebocho.

A Escola da Noite e o Cendrev recordam que o espectáculo é um convite ao público para que volte a olhar para a peça e a confrontar-se com tudo o que ela continua a ter para nos oferecer, cinco séculos depois de ter sido escrita. No programa do espectáculo, José Augusto Cardoso Bernardes, consultor científico do projecto, afirma: "pela mão qualificada, segura e inventiva da Escola da Noite e do Centro Dramático de Évora, ficamos em condições de problematizar temas de sempre: Morte e Vida, Mal e Bem, Ter e Poder. E, para tal, nem sequer precisamos de sair completamente do século XXI. Com os pés assentes no nosso tempo, bastará alongar o ouvido e apurar a visão para escutar a sensibilidade e a moral de um outro tempo que, afinal, não está ainda tão afastado de nós como pode parecer."

Em Coimbra, a peça pode ainda ser vista no Teatro da Cerca de São Bernardo até 4 de Dezembro, de quinta a sábado às 21h30 e aos domingos às 16h00. Os bilhetes custam entre 6 e 10 Euros e podem ser reservados pelos contactos habituais do TCSB. Logo depois, o espectáculo inicia uma digressão nacional que se prolongará pelo ano de 2017. Campo Benfeito (no espaço do Teatro do Montemuro), Bragança, Aveiro, Viana do Castelo, Caldas da Rainha e Barreiro são apenas algumas das paragens já confirmadas desta "Embarcação do Inferno", que promete recolher ainda muitos passageiros nos próximos meses.

Diabruras e outras artes para meninos que são uns anjos
Paralelamente à temporada do espectáculo vicentino, A Escola da Noite organiza o ciclo "Diabruras e outras artes para meninos que são uns anjos", inspirado, como o nome indica, pela figura do Diabo. Depois da literatura, do teatro, das artes plásticas e da dança, é agora a vez da música, com duas oficinas para crianças. A 1 de Dezembro (quinta-feira, feriado), Vânia Couto dirige "Diabolo in musica: os sons do Diabo", uma oficina de música e sonoplastia para pais e filhos, dirigida a meninos/as a partir dos 5 anos e respectivos adultos acompanhantes. A 3 de Dezembro, em mais um Sábado para a infância no TCSB, o Taleguinho (projecto musical de Catarina Moura e Luís Pedro Madeira) realiza a oficina de cantigas, lengalengas e trava-línguas da tradição oral portuguesa "O Diabo seja surdo". Esta é para crianças entre os 5 e os 12 anos e pretende-se que os participantes regressem alguns dias depois, a 8 de Dezembro, para apresentarem ao público o resultado do seu trabalho, no âmbito do encerramento do ciclo "Diabruras e outras artes...". Para ambas as oficinas há ainda alguma vagas. As inscrições podem ser feitas por e-mail ou telefone: 239 718 238 / 966 302 488 / geral@aescoladanoite.pt

Oficina de construção de máscaras, com Delphim Miranda
Ainda sob o signo do Diabo, um outro regresso ao TCSB: o artista plástico e marionetista Delphim Miranda dirige uma oficina de construção de máscaras de mosquitos, uma das várias formas que o Diabo assume no imaginário colectivo. A formação dirige-se ao público em geral (adultos), com particular destaque para professores/as e educadores/as de diferentes graus de ensino. Com uma duração total de 8 horas, decorre em horário pós-laboral: 30 de Novembro, quarta-feira, entre as 17 e as 21h00 e 1 de dezembro, quinta-feira e feriado, entre as 15h00 e as 19h00. A inscrição custa 25 Euros (20, no caso dos estudantes) e deve também ser feita para os contactos do Teatro da Cerca de São Bernardo.

Coimbra, Teatro da Cerca de São Bernardo

 


Loading. Please wait...

Fotos popular