Pravda.ru

CPLP » Portugal

José Sócrates na 61ª Assembleia Geral da ONU

22.09.2006
 
José Sócrates na 61ª Assembleia Geral da ONU

O primeiro-ministro de Portugal José Sócrates fez um discurso esta quinta-feira na 61ª Assembleia Geral das Nações Unidas, intervenção em que apelou ao aumento da ajuda a África e saudou a nova missão de paz das Nações Unidas em Timor- Leste.

Sócrates declarou que esta missão da ONU representa a continuidade do forte investimento da comunidade internacional naquele jovem país e sublinhou que Portugal participa, há mais de uma década, de forma activa e coerente na afirmação política de Timor Leste.

O chefe do Governo português chamou à atenção das Nações Unidas para as suas responsabilidades para com o continente africano, referindo que existem progressos que cumpre encorajar e responsabilidades históricas que o mundo desenvolvido não pode virar as costas.

Sócrates sublinhou o empenho da União Europeia em reforçar parcerias estratégicas com África e destacou a importância da elaboração de uma estratégia conjunta euro-africana, que irá guiar o relacionamento entre os dois continentes.

 
José Sócrates chegou na quarta-feira ao início da noite a Nova Iorque, onde já se encontrava o ministro de Estado e dos Negócios Estrangeiros, Luís Amado, a tempo de um jantar com o alto comissário das Nações Unidas para os Refugiados, António Guterres.


Esta quinta-feira, antes de discursar na Assembleia Geral das Nações Unidas, o primeiro-ministro reúniu-se com Kofi Annan, tendo, na parte da tarde, encontros com o seu homólogo da República de Montenegro, Milo Djukanovic, e com o presidente da República da Sérvia, Boris Tadic.

 
Na sexta-feira, ao fim da manhã, José Sócrates reúne-se com o chefe de Estado de Moçambique, Armando Guebuza, e visita a missão permanente de Portugal nas Nações Unidas, onde se encontrará com os funcionários portugueses desta missão e com os que exercem a sua actividade no próprio edifício da ONU. 

 Com Rádio Renascensa


Loading. Please wait...

Fotos popular