Pravda.ru

CPLP » Portugal

Dia Mundial da Diversidade Biológica

22.05.2006
 
Dia Mundial da Diversidade Biológica

 

22 de Maio assinala o Dia Internacional da Diversidade Biológica

A 3ª Reunião das Partes do Protocolo de Cartagena sobre Biossegurança e a 8ª Reunião das Partes da Convenção sobre a Diversidade Biológica realçaram a importância do legado da diversidade biológica para futuras gerações. Em Portugal, o Partido ecológico Os Verdes (PEV) salienta a obrigação de respeitar essa diversidade “como factor insubstituível num desenvolvimento sustentado e como riqueza inalienável do legado às futuras gerações”.

O PEV avisa que muitas causas da perda da diversidade biológica são “resultantes das acções do Homem, relacionados com a destruição, degradação e fragmentação dos habitats naturais”.

Os Verdes apontam como um mau exemplo o cultivo de milho gemeticamente modoficado (GM) em Portugal, lamentando “a desconcertante irresponsabilidade do actual Governo Sócrates, ao permitir que a realização de um segundo ano de culturas de transgénicas, sem tão pouco ter definido aquilo que deveriam ser Zonas Livres de Transgénicos ao nível do País e a criação de Fundo de Compensação que possa cobrir os prejuízos resultantes da contaminação acidental das produções tradicionais”.

Como consequência, há uma perda de património genético sem uma política de controlar milho GM, pois de acordo com o PEV, “um recente estudo realizado pela Greenpeace em Espanha que desde 1998 que cultiva milho GM, dava conta de ter encontrado contaminação sem precedentes ao nível da sua agricultura tradicional”.

Para o PEV, a razão pela invasão e destruição do património nacional é clara: “ Só de facto quem está interessado e ganha com a entrada dos transgénicos na agricultura pode afirmar que o Milho transgénico e convencional pode coexistir”.

O PEV alerta ainda para a questão da saúde pública, avisando que as alergias são “uma preocupação crescente”, acrescentando que há várias variedades de milho tradicionais em Portugal que é importante preservar, “tendo até em conta a sua tipicidade e características impares, que num quadro até das alterações climáticas são de extrema importância preservar, tal como amplamente foi reconhecido na Conferência do Rio, que considerou a preservação da diversidade biológica como um seguro face às alterações do ambiente”.

Cristina GARCIA

PRAVDA.Ru

Fonte: PEV


Loading. Please wait...

Fotos popular