Pravda.ru

CPLP » Portugal

PCP critica fortemente aumento do preço da electricidade

16.10.2008
 
PCP critica fortemente aumento do preço da electricidade

Face às notícias vindas a público que dão nota de um aumento até 7% no preço da electricidade o PCP considera que «é absolutamente inaceitável que perante as dificuldades com que se confrontam os trabalhadores e o povo português - baixos salários e reformas, endividamento, desemprego e aumento do custo de vida - que a Entidade Reguladora dos Serviços Energéticos e a EDP admita vir a aumentar o preço da electricidade até 7%, um valor bastante superior à inflação prevista (pelo Governo) de 2,5% para 2009.»

Sobre o aumento do preço da electricidade

Face às notícias vindas a público que dão nota de um aumento até 7% no preço da electricidade o PCP considera o seguinte:

1. É absolutamente inaceitável que perante as dificuldades com que se confrontam os trabalhadores e o povo português - baixos salários e reformas, endividamento, desemprego e aumento do custo de vida - que a Entidade Reguladora dos Serviços Energéticos e a EDP admita vir a aumentar o preço da electricidade até 7%, um valor bastante superior à inflação prevista (pelo Governo) de 2,5% para 2009.

2. Esta perspectiva de novos aumentos até 7% torna-se ainda mais chocante se tivermos em conta que, entre 2004 e 2007, a EDP alcançou lucros de 3 190 milhões de euros e só no primeiro semestre de 2008 já foram arrecadados mais de 700 milhões de euros de lucros.

3. Mais uma vez se confirma que a privatização e liberalização do mercado energético em Portugal, defendidas e aplicadas por PS, PSD e CDS-PP, apenas beneficiou a acumulação e centralização do capital, processo em que a chamada entidade reguladora se comporta como agente ao serviço dos interesses dos grandes accionistas, prejudicando os consumidores, os trabalhadores da EDP e as micro, pequenas e médias empresas..

4. O PCP reafirma a sua proposta de congelamento do preço da electricidade, de forma a contribuir para atenuar as crescentes dificuldades dos trabalhadores e do povo português.

5. O PCP vai requerer a presença do Ministro da Economia na Assembleia da República, no sentido de confrontar o governo com esta posição da ERSE e da EDP.

PCP – Partido Comunista Português

http://www.pcp.pt/index.php?option=com_content&task=view&id=32675&Itemid=195


Loading. Please wait...

Fotos popular