Pravda.ru

CPLP » Brasil

Locarno não é Cannes, nada tem contra Netflix

29.07.2018
 
Locarno não é Cannes, nada tem contra Netflix. 29215.jpeg

Locarno não é Cannes, nada tem contra Netflix

Os filmes da Netflix e Amazon podem vir a Locarno sem problema, garante o presidente do Festival Internacional de Cinema de Locarno, o suíço, Marco Solari. "Não podemos fechar os olhos diante das inovações do mundo do cinema", diz ele.

Por Rui Martins, que estará em Locarno, do 1 ao 11 de agosto:

Locarno não faz restrições aos filmes da Netflix sem exibição nos cinemas, diz Marco Solari, presidente do Festival Internacional de Cinema

O Festival Internacional de Cinema de Locarno começará na quarta-feira. Embora seu diretor artístico, o italiano Carlo Chatrian deixe Locarno, em setembro, para dirigir a Berlinale, o presidente do Festival de Locarno, Marco Solari, considera essa promoção de Chatrian como um reconhecimento tácito da importância de Locarno.

Diante do conflito registrado entre o Festival de Cannes, considerado o mais importante festival do mundo, que decidiu não selecionar filmes sem exibição nas salas de cinema, e Netflix, considerada a mais revolucionária rede de exibição de filmes utilizando as novas tecnologias, que decidiu não mais participar de Cannes, uma espécie de choque entre a tradição e a inovação, o presidente do Festival Internacional de Cinema de Locarno, Marco Solari, foi taxativo:

- O Festival de Locarno está aberto para Netflix, Amazon e outros que queiram trazer seus filmes. O fato do diretor-artístico de Locarno ter sido convidado para dirigir o Festival de Cinema de Berlim reforça nossa posição de vanguarda entre os festivais mundiais de cinema. Estamos abertos para Netflix e Amazon. Diante das inovações no mundo do cinema, não podemos fechar os olhos, diz o presidente do Festival de Locarno, o suíço Marco Solari.

No ano passado, o Festival Internacional de Locarno comunicou a criação de um Youth Advise Board, cujos jovens componentes deveriam analisar no público e na organização do Festival, os impactos provocados pela recente e constante mutação em termos de se fazer cinema e do público ver os filmes.

- O relatório dos jovens é apresentado de maneira contínua e tanto a direção empresarial como artística do Festival levam em consideração suas observações. Não quero que esse Conselho de Jovens seja ignorado ou considerado supérfluo. Além de um real desejo de se adptar às inovações, existe também uma estratégia para se continuar atraindo o público jovem a Locarno, a fim de impedir que o Festival possa envelhecer, acentua Marco Solari.

Enquanto alguns críticos se mostram preocupados com a ausência de jovens em certos festivais de cinema, Marco Solari frisou não ser esse o caso em Locarno,  onde a juventude "é parte importante entre os espectadores".

Rui Martins estará em Locarno do 1 ao 11 de agosto, convidado pelo Festival Internacional de Cinema.

 


Loading. Please wait...

Fotos popular