Pravda.ru

CPLP » Brasil

Brasil: Um reajuste indecente

29.07.2017
 
Brasil: Um reajuste indecente. 27016.jpeg

Brasil: Um reajuste indecente

A Sra. Raquel Dodge, por mais que seja necessária uma eventual atualização salarial dos procuradores do Ministério Público Federal (MPF), ao apoiar -  no quadro econômico defrontado no momento pelo Brasil e, em especial, pelo poder público federal - um reajuste de 16,38% para tais membros do poder judiciário, afronta, a nosso juízo, a nação e mostra absoluto desprezo por seu povo e, particularmente, pelos milhões de desempregados.

Iraci del Nero da Costa *

 

A acompanhá-la colocam-se todos os que propuseram e acataram tal acréscimo de proventos. Como sabido, a proposta partiu da Associação Nacional dos Procuradores da República (ANPR) e foi aprovada, por unanimidade, pelo plenário do Conselho Superior do MPF.

Nossa atenção recai no momento sobre a Sra. em questão porque dentro de poucas semanas a atual subprocuradora-geral da República assumirá a Procuradoria-Geral da República sucedendo Rodrigo Janot em tão relevante função.

Assim, ao focarmos a referida Sra. não deixamos de considerar que ao seu lado, na depreciação dos brasileiros, encontram-se não só outros membros do poder Judiciário, como é o caso dos que se reúnem na ANPR ou compõem o aludido Conselho Superior do MPF, mas também milhares e milhares de integrantes dos demais poderes da República os quais, de maneira velada ou descarada, sabotam a vida socioeconômica e política do país.

Como exemplos desta sanha derruidora podemos tomar, além dos resultados da desveladora atuação da Operação Lava Jato, num primeiro lapso, a recente proposta levantada pelo deputado federal Vicente Cândido - relator da reforma política na Câmara Federal - a qual prevê que 70% do montante de um fundo especial a ser criado para financiar as campanhas eleitorais deverão vir do orçamento público; outro caso emblemático foi protagonizado pelo poder executivo central ao elevar os impostos dos combustíveis em vez de taxar as altas fortunas e/ou as grandes heranças.

Enfim, na maior parte dos escaninhos visitados sempre encontraremos em nossa sofrida sociedade ações cujo resultado final é a desabrida intenção de  pauperizar os cofres públicos ou a de atingir imediatamente a pecúnia de uma desprotegida população.  

 

* Professor Livre-docente aposentado.

Foto: By Robotmensch - Own work, CC BY-SA 3.0, https://commons.wikimedia.org/w/index.php?curid=22477847

 


Loading. Please wait...

Fotos popular