Pravda.ru

CPLP » Brasil

Dilma marca como "massacre" a ofensiva israelense na Faixa de Gaza

29.07.2014
 
Dilma marca como

A presidente do Brasil, Dilma Rousseff, criticou nesta segunda-feira (28) o massacre perpetrado pelo regime israelense na Faixa de Gaza, que deixou 1.095 palestinos mortos e 6.500 ficaram feridas.

 "O que está acontecendo em Gaza é algo perigoso. acredito que não é um genocídio, mas eu acho que é um massacre em que esta ocorrendo uma ação desproporcional", disse a presidente em um fórum organizado pelo jornal Folha de São Paulo.

"É uma questão humanitária. Não se pode executar uma ação como essa em uma pequena área, com as pessoas que estão em uma situação de grande insegurança, altamente em perigo, com muitas crianças e mulheres. Sabemos que uma guerra desse tipo, quem pagam são civis", acrescentou o presidente.

Na semana passada, o Ministério das Relações Exteriores do Brasil condenou o uso desproporcionado da força por parte do regime de Israel na Faixa de Gaza e chamou seu embaixador em Tel Aviv.

Neste contexto, Rousseff disse que a convocação era para prestar esclarecimentos e lamentou a declaração do porta-voz do Ministério de Assuntos Exteriores do regime israelense que tachou de anão a diplomacia brasileira por condenar as hostilidades de seu regime.

Segundo fontes palestinas, até agora, pelo menos 1.095 palestinos foram mortos e 6.500 feridos desde o início dos ataques israelenses, em 7 de junho na Faixa de Gaza.

Valter Xéu, da redação do Irã News com informações da Hispan TV

http://www.iranews.com.br/noticia/12455/dilma-marca-como-massacre-a-ofensiva-israelense-na-faixa-de-gaza

 


Loading. Please wait...

Fotos popular