Pravda.ru

CPLP » Brasil

Cidades do Brasíl estão em situação de emergência por chuvas

24.01.2007
 
Cidades do Brasíl estão em situação de emergência por chuvas

As chuvas fortes já causaram sete mortes este mês no estado de São Paulo.

Estão em situação de emergência, segundo a Defesa Civil: Álvares Machado (a 578 km de São Paulo), Araçatuba (530 km), Auriflama (568 km), Barretos (424 km), Cafelândia (424 km), Capela do Alto (130 km), Clementina (529 km), Jacupiranga (260 km), João Ramalho (505 km), José Bonifácio (482 km), Maracaí (456 km), Marabá Paulista (648 km), Mococa (274 km), Nova Canaã Paulista (646 km), Paraguaçu Paulista (459 km), Pongaí (444 km), Presidente Prudente (565 km), Presidente Bernardes (589 km), Quatá (486 km), Reginópolis (423 km), Santo Antônio do Aracanguá (555 km). O número de cidades atingidas pelos danos subiu para 89 em todo o estado.

 Atingida por um temporal no fim de semana, parte dos 330 mil moradores de Franca estava sem água por causa dos danos no sistema de captação. Em Campo Limpo Paulista, a prefeitura iniciou o serviço de contenção de encostas no Parque Internacional, onde um menino de 4 anos morreu, na segunda-feira, soterrado nos escombros da residência. A criança via televisão no quarto da casa, atingida pelo deslizamento de uma encosta. A mãe cavou com as mãos para tentar retirá-lo, mas não conseguiu.

Em Batatais, uma erosão abriu um buraco com 20 metros de diâmetro por 13 de profundidade no km 66 da SP-351. A rodovia foi fechada ao trânsito. Já são 12 as rodovias prejudicadas pelas chuvas no estado.

Em Goiás, as fortes chuvas dos últimos dias provocaram enormes estragos em 70 pontos diferentes do estado, destruindo trechos de estradas e pontes, isolando famílias e causando prejuízos financeiros.

 Ipameri é o município mais afetado: 26 pontes foram destruídas, o asfaltamento está comprometido e a produção de leite, de 5 mil pequenos produtores rurais da região, foi afetada. As chuvas também provocaram alagamentos e transbordamentos em Goiânia.

O número de mortes causadas pelas chuvas neste ano em Minas Gerais subiu para sete, informou a Defesa Civil. 110 cidades decretaram situação de emergência no estado.

A Secretaria Nacional de Defesa Civil emitiu alertas que apontam chuva forte, até amanhã, em seis estados do Nordeste e Centro-Oeste.

 Com Gazeta do Povo


Loading. Please wait...

Fotos popular