Pravda.ru

CPLP » Brasil

Militante Feminista, Amyra El Khalili foi convidada do Programa Feminino Plural

22.09.2018
 
Militante Feminista, Amyra El Khalili foi convidada do Programa Feminino Plural. 29565.jpeg

Militante Feminista, Amyra El Khalili foi convidada do Programa Feminino Plural no dia 07 de setembro.

No dia da Independência do Brasil, um programa especial sobre feminismo, economia socioambiental e pluralidade cultural.

 No feriado de 7 de setembro, "Rachel Moreno, judia - egípcia, ítalo-brasileira - psicóloga, pesquisadora e militante feminista entrevistou Amyra El Khalili, beduína palestino-brasileira, da linhagem do Shayk Muhammad al-Khalili, professora de economia socioambiental, editora das redes Movimento Mulheres pela P@Z! e Aliança RECOs - Redes de Cooperação Comunitária Sem Fronteiras, e autora do e-book Commodities ambientais em missão de paz: novo modelo econômico para a América Latina e o Caribe.

 Entre os assuntos falaram sobre: o histórico da Aliança Recos; as diferenças entre commodities ambientais e convencionais; o sistema financeiro atual, interesses e cooptação de lideranças; a sustentabilidade ambiental da água e energia; as mulheres, o seu poder e hábitos de compra e como podem garantir a aquisição dos produtos mais saudáveis; a agroecologia e extensão de sua rede - da produção à distribuição e venda. Muita água rolou em 07 de setembro!

 07/09/2018

Ouça o podcast em: https://www.mixcloud.com/cidadafm/07092018-amyra-el-khalili-feminino-plural/

 Comente através da live @radiocidadafm ou no nosso WhatsApp (11) 94066-1154.

 Programa Feminino Plural

Feminino Plural, programa apresentado pela psicóloga e feminista Rachel Moreno, apresenta notícias, entrevistas e discussões sobre temas de interesse das mulheres.

 Por ser a questão de gênero hoje transversal, uma vez que "lugar de mulher é onde ela quiser", a cidade, o meio ambiente, os espaços de poder, a vida cotidiana,  as relações entre os gêneros, entre as raças/etnias, de classe são temas que têm sido abordados, sempre incluindo um recorte de gênero.

 Vai ao ar todas as sextas-feiras, das 10 às 12 horas, na Rádio Cidadã FM 87,5, do Butantã da cidade de São Paulo.

 No rádio: FM 87,5

Programa: todas as sextas das entre as 10 e 12 horas

Na internet: http://www.cidadafm.com.br/

 Sobre a Rádio Cidadã Butantã

 

Em 31 de março 2011, a entidade jurídica Associação Cidadã venceu a concorrência pela rádio comunitária do bairro - a Rádio Cidadã FM, sendo a única emissora comunitária oficial do Butantã e região da cidade de São Paulo. A Rádio Cidadã FM, pioneira no movimento de "rádio comunitária" no Brasil, iniciou seus trabalhos em 7 de julho de 1995, em caráter clandestino sim, porém, nunca omissa em dizer onde estava localizada, quem eram seus comunicadores e profissionais e sempre com seu ímpeto comunitário.

 A Rádio Cidadã FM, operando no dial em 98,1, mesmo clandestina, chamou a atenção da grande mídia paulistana, começando por uma simples matéria do jornal O Estado de São Paulo no Caderno Seu Bairro, que decidiu que a rádio merecia mais atenção e fez da nossa emissora pauta de capa e página central deste mesmo caderno.

 Com a "descoberta" da Radio Cidadã FM pelo jornal O Estado de São Paulo, a Rede Globo de Televisão também se interessou pelo assunto e fez várias matérias sobre a nossa rádio em quase todos os seus programas jornalísticos, somando mais de 15 minutos de reportagens no ar. Citamos os seguintes telejornais que exibiram matérias sobre a Rádio Cidadã FM e seu Programa Cala Boca Já Morreu: Bom Dia São Paulo, Bom Dia Brasil, Jornal Nacional e programa dominical de maior audiência da TV Globo, o Fantástico.

 Falando para o Mundo

Aproveitando a visita ao Brasil da emissora japonesa NHK naquele período, a Rádio Cidadã FM foi motivo de reportagem exclusiva daquela emissora, fato que nos abriu portas significativas para que o Programa Cala Boca Já Morreu tivesse reconhecimento internacional, com a indicação e recebimento do prêmio da UNICEF de Iniciativa Comunitária - o Rádio Escola e, ainda tivesse a apresentadora do programa - a jovem Isis, sendo convidada a visitar diversos países a convite da própria UNICEF.

 Parceria de Sucesso

A Rádio Cidadã FM, com sua ampla cobertura dos assuntos relevantes do bairro do Butantã e região, foi parceira da Rádio Jovem Pan AM, como agência de notícias, devido à grande cobertura das enchentes que aconteceram no bairro do Rio Pequeno nos verões dos anos de 1996 e 1997.

 Fazendo Profissionais

Vários dos nossos profissionais que iniciaram as suas carreiras na Rádio Cidadã FM, conseguiram destaque em outros meios de comunicação oficiais. Podemos citar o jornalista Vitor Birner, que trabalhou como âncora esportivo no programa Cidadã Esportes e que hoje é um jornalista esportivo dos mais respeitados, sendo um dos principais jornalistas esportivo da Rádio CBN e do programa Cartão Verde da TV Cultura.

 Cultura, Esporte, Lazer, Trabalho Comunitário, Prestação de Serviço, foram marcantes à emissora, mas a Rádio Cidadã FM também foi entretenimento. Um dos grandes talentos da nossa MPB - o compositor e cantor Chico Cesar, foi lançado pela nossa Rádio Cidadã FM no Programa Rádio Revista. Outro ícone da MPB e natural do nosso bairro - o percussionista, compositor e cantor, Dinho Nascimento também deu seus primeiros acordes de seu Berimbau-Blues na Rádio Cidadã FM e daí para o mundo, como Vitor Birner, Chico Cesar e muitos outros que por lá passaram.

 Agora, é o momento de retomar e seguir em frente com toda a nossa história e novamente transformar o bairro do Butantã e região no "Melhor Lugar" para se viver em São Paulo. Para isso acontecer de verdade, só faltava VOCÊ !

 


Loading. Please wait...

Fotos popular