Pravda.ru

CPLP » Brasil

O roubo de informações – ou Lula sai da toca ou cai

21.02.2008
 
Pages: 12
O roubo de informações – ou Lula sai da toca ou cai

Laerte Braga

Halliburton, a empresa responsável pelo container de onde foram roubados discos rígidos e um notebook da PETROBRAS contendo informações sigilosas sobre as descobertas da empresa e que transformam o Brasil em detentor de reservas extraordinárias de petróleo teve como presidente o vice-presidente dos Estados Unidos, Dick Chaney.

É uma das gigantes da exploração de petróleo no mundo e constantemente acusada de ser favorecida pelo governo norte-americano, além de ligações com a CIA. Pior, dentro da mecânica do sistema financia com gordas contribuições campanhas de candidatos republicanos e ações da CIA (AGÊNCIA CENTRAL DE INFORMAÇÕES).

O jornalista Paulo Henrique Amorim, em seu CONVERSA AFIADA, foi claro e transparente ontem, quinta-feira. Ou Lula sai da toca e vai para a luta com os seus adversários ou vão fabricar uma crise a cada dia, tem sido assim desde o "mensalão" e acabam chegando ao impedimento do presidente.

Para essa gente, tucanos, democratas, PTB, etc, pouco importa que o País mergulhe numa crise, se arrebente, que o desemprego volte a níveis assustadores, a miséria se espalhe em proporções dramáticas como no governo FHC. Importa que a chave do cofre esteja nas mãos deles para operar os grandes negócios e empresas como a Halliburton possam agir às claras, pois de saída privatizam a PETROBRAS.

Como nada acontece por acaso uma semana antes foi revelado que a FUNDAÇÃO FORD, eufemismo para operações ilegais dos EUA em países como o Brasil, "contribuiu" com 800 mil dólares para FHC, em 1969 (a primeira parcela foi de 145 mil dólares) criar um centro de estudos e mudar de idéia.

No caso específico de FHC os olhos postos sobre o Brasil, novamente, via José Serra, se voltam de forma mais aguda. É que Hilary Clinton está em dificuldades em sua campanha e o cargo de secretário de Estado está cada vez mais distante, Tinha a pretensão de ser um novo Kissinger.

A operação tem todo o estilo CIA/MOSSAD (serviço secreto de Israel, braço da agência norte-americana, ou vice-versa). Ter um governo "confiável" por aqui é fundamental para assegurar o relacionamento de Corte e Colônia.

As crises fabricadas e montadas nos laboratórios de Washington desembocam no Brasil via "tucanex" ou "democratex", o veículo mais rápido de entrega e venda do País ao capital internacional.

A grande mídia deita e rola em cima da história e há notícias que no estúdio do JORNAL NACIONAL (JORNAL NACIONAL DOS EUA) colocaram almofadas especiais para o caso de William Bonner entrar em orgasmo incontrolável e subir pelas paredes na crise de cada dia.

O perigo disso é acharem que o garçom é o culpado. Quem sabe Diego Maradona com essa mania de ter sido melhor que Pelé? Em termos de caráter é pelo menos infinitas vezes. Maradona tem, Pelé nunca teve. Ou Hugo Chávez que "precisa" de petróleo, ou quer arrebentar a concorrência da PETROBRAS.

Lula não percebeu, ou se percebeu por uma razão qualquer está encolhido, que a pauta do seu governo é montada pela oposição e que se brecha existir não vão hesitar em propor seu impedimento.

Não há sentido em continuar a governar dentro de um modelo podre, corrupto, uma democracia de faz de conta com um Congresso onde a pilantragem é regra geral e a seriedade é exceção.

É preciso vir a público e expor toda a sorte de dificuldades criadas pela oposição em torno de mentiras, fraudes, apresentar os fatos, gravíssimos, que ocorreram quando da privatização/doação da VALE DO RIO DOCE e desmistificar essa conversa fiada que empresário tem sentido patriótico, social, coisa que o valha. Tem nada. Nunca é demais repetir que a diferença entre empresários e máfia é que a máfia às vezes usa arma e hoje nem se sabe ao certo se essa diferença continua a existir.

Se Lula continuar a se deixar manter emparedado joga por terra todas as parcas conquistas obtidas até agora e que fazem diferença, muita (a bolsa família está sendo copiada em vários países do mundo e em algumas cidades e estados norte-americanos) e aceita um retrocesso em 2010, uma eventual vitória de Serra/FIESP/DASLU, ou Aécio, ou qualquer outro comprometido com a liquidação do País.

É o momento de vir a público e denunciar todas as reais mazelas do País pós FHC, os esforços para evitar que o Brasil quebrasse em todos os sentidos e o que foram as privatizações/entregas conduzidas por FHC, família, tucanos e democratas, a corrupção real dessa gente, o que significa para o Brasil a perda da VALE DO RIO DOCE, do controle da EMBRAER e por trás disso quem puxa as cordinhas que controlam figuras como Artur Virgílio, Tasso Jereissati (que Hélio Fernandes chama de "Corruptasso Jereissati"), Roberto Jéferson (que continua operando tranquilamente), quem é o verdadeiro condutor dessa quadrilha e quais são seus objetivos reais.

A luta transcende e como a questão institucional, eleitoral, disputa partidária, tem a dimensão de sobrevivência do Brasil como nação livre, soberana e independente e Lula até agora tem aceito de forma passiva o jogo dessas elites que são apátridas e se valem da mídia venal para desinformar e iludir os brasileiros.

Lula é o presidente da República eleito e reeleito por clara e cristalina manifestação do eleitorado, sobreviveu a toda a sorte de tramas e trambiques a partir da República FIESP/DASLU, uma espécie de condado de Washington e das grandes empresas norte-americanas e européias, como agora no caso da PETROBRAS, envolvendo uma empresa ligada ao vice-presidente dos EUA.

Pages: 12

Loading. Please wait...

Fotos popular