Pravda.ru

CPLP » Brasil

Brasil: Safra agrícola também cresce

20.11.2006
 
Brasil: Safra agrícola também cresce

O levantamento de campo realizado pelo IBGE, em outubro, para o ano civil de 2006, da safra nacional de cereais, leguminosas e oleaginosas (caroço de algodão, amendoim, arroz, feijão, mamona, milho, soja, aveia, centeio, cevada, girassol, sorgo, trigo e triticale), aponta uma produção da ordem de 116,183 milhões de toneladas, 3,21% superior à safra obtida em 2005 (112,574 milhões de toneladas).

Levantamento Sistemático da Produção Agrícola – Fonte IBGE

Base: Outubro de 2006

Em 2006, safra deverá crescer 3,21% frente a 2005

O levantamento de campo realizado pelo IBGE, em outubro, para o ano civil de 2006, da safra nacional de cereais, leguminosas e oleaginosas (caroço de algodão, amendoim, arroz, feijão, mamona, milho, soja, aveia, centeio, cevada, girassol, sorgo, trigo e triticale), aponta uma produção da ordem de 116,183 milhões de toneladas, 3,21% superior à safra obtida em 2005 (112,574 milhões de toneladas).

No Levantamento Sistemático da Produção Agrícola (LSPA) de outubro, destacam-se reduções nas estimativas de produção em relação a setembro de quatro produtos: aveia em grão (-5,75%), cevada em grão (-13,82%), trigo em grão (-11,51%) e triticale em grão (-4,19%). No caso do trigo, principal produto investigado nesse período, houve queda do rendimento médio em todos os estados da Região Sul e também no Mato Grosso do Sul. Ressalta-se a perda de 100 mil hectares no Rio Grande do Sul em função, especialmente, de adversidades climáticas (geadas em setembro)

Frente à produção informada em setembro (116,546 milhões de toneladas), verifica-se uma redução de 0,31%, em função das perdas observadas nas culturas de inverno. Com relação ao trigo, constata-se, em comparação ao ano anterior, uma quebra de 51,42%. São apontadas como principais causas para esta significativa redução, a retração de 25,21% na área total cultivada, que ocorreu em todos os estados produtores, com exceção de Santa Catarina. Salienta-se também a baixa cotação do produto no mercado interno, além de dificuldades observadas na comercialização das últimas safras. Outro agravante foi a descapitalização dos produtores, que aliada à inadimplência e conseqüente restrição ao crédito, determinou a implantação dessa safra com baixo nível tecnológico. Por fim, as adversidades climáticas, como a estiagem verificada no período inicial de desenvolvimento da cultura, temperaturas altas no início do inverno adiantando o ciclo da planta, além das fortes geadas ocorridas no final de agosto e início de setembro, determinaram a redução observada de 25,06%, no rendimento médio. Os fatores que causaram esta expressiva quebra na cultura do trigo, também influenciaram negativamente as demais culturas de inverno: aveia (-18,86%), cevada (-39,49%) e triticale (-21,83%).

Em termos absolutos e por percentuais de participação na safra nacional, a produção de cereais, leguminosas e oleaginosas, está assim distribuída nas Grandes Regiões - Norte: 3,346 milhões de toneladas (2,88%); Nordeste: 9,673 milhões de toneladas (8,33%); Sudeste: 15,803 milhões de toneladas (13,60%); Sul: 48,285 milhões de toneladas (41,56%) e Centro-Oeste: 39,076 milhões de toneladas (33,63%).

Treze culturas crescem e doze apresentam queda na décima avaliação da safra agrícola 2006

O IBGE realizou, em outubro, a décima avaliação, em nível nacional, da safra agrícola para 2006. Dentre os principais produtos investigados pelo Levantamento Sistemático da Produção Agrícola - LSPA, treze apresentam variação positiva na estimativa de produção em relação ao ano passado: batata-inglesa 2ª safra (7,71%), batata-inglesa 3ª safra (3,29%), café em grão (21,51%), cana-de-açúcar (7,82%), cebola (5,93%), feijão em grão 1ª safra (9,18%), feijão em grão 2ª safra (25,85%), laranja (1,03%), mandioca (7,10%), milho em grão 1ª safra (15,88%), milho em grão 2ª safra (33,86%), soja em grão (2,38%) e sorgo em grão (1,21%).

A variação é negativa nos casos das culturas de algodão herbáceo em caroço (-23,51%), amendoim em casca 1ª safra (-12,75%), amendoim em casca 2ª safra (-0,10%), arroz em casca (-12,95%), aveia em grão (-18,86%), batata-inglesa 1ª safra (-7,03%), cacau em amêndoa (12,28%), cevada em grão (-39,49%), feijão em grão 3ª safra (-12,03%), mamona (-36,52%), trigo em grão (-51,42%) e triticale em grão (-21,83%).

Ricardo Bergamini
ricoberga@terra.com.br
rbfln@terra.com.br
http://paginas.terra.com.br/noticias/ricardobergamini


Loading. Please wait...

Fotos popular