Pravda.ru

CPLP » Brasil

Parque Estadual do Ibitipoca

20.02.2008
 
Parque Estadual do Ibitipoca

Buscava um refúgio seguro para fugir das badalações do carnaval deste ano. Minas, com suas milhares de cachoeiras e dezenas de oásis de belezas naturais, me oferecia um cardápio que ia de pequenos lugarejos à grandes parques ecológicos, ao qual decidi optar pelos dois, escolhendo a charmosa Vila de Conceição de Ibitipoca e seu encantador Parque Estadual do Ibitipoca, a aproximadamente 300 km de Belo Horizonte.

À primeira vista, depois de uma longa ausência, pude ver a pequena Vila descortinando sua esmerada beleza, fruto da chegada de um turismo permanente e do amor externado de seus moradores por aquele pedaço do paraíso aqui na terra: é de encher os olhos. A fachada das casas, os jardins floridos, o bom gosto entalhado. Enquanto entrava pelo arraial, a beleza do pequeno lugarejo entrava dentro de mim, me embebedando por um cenário raro, preservado, desses que nos faz orgulho de ser mineiro e de ver que este é, sobretudo, um estado de espírito... Que maravilha!

Da cidade sede do Parque, Lima Duarte, à pequena Vila, percorrem-se 27km por uma estrada de terra sinuosa, montanhosa e que não faz jus ao que está depois dela. Por ligar um centro urbano a um Parque Estadual, deveria ser cuidada, ter uma manutenção sistemática, algo que esteja à altura da importância que sua ligação faz, afinal, ela nós leva até uma parte do paraíso, um paraíso encontrado e declamado mundo afora.

No Parque, a estrutura edificada para atender ao turista, com todo carinho e respeito que ele merece. Boa sinalização nas trilha, pequenas pontes para facilitar a travessia por seus vários rios, uma lanchonete providencial e um restaurante com várias opções em seu cardápio. Ao redor, a beleza divinal, o Parque com seus vários encantos, suas muitas moradas. É preciso preservá-lo é preciso assegurar que a biodiversidade de nosso planeta chegue à posteridade, afinal, tudo por aqui está por um fio, e lá, um fio de rio alimenta a tudo que está a sua volta. É comovente ver que as nossas pequenas grandes coisas, o nosso patrimônio natural esteja sendo cuidado, está em boas mãos.

Volto feliz para a Vila, querendo encerrar o dia de forma magistral, sem saber que a melhor surpresa ainda estava por vir, quando passei pela Rua Deputado Lourival Brasil Filho; que saudade... Lembro-me quando ele me contou, com os olhos marejados, a sua luta até a concretização da criação do Parque Estadual do Ibitipoca. Lourival foi apresentado à Vila do Ibitipoca pela sua esposa, Dona Diva, que era natural de Lima Duarte, cidade sede de toda aquela beleza.

Me deu um orgulho danado de ser mineiro, de ver o nosso patrimônio preservado e a nossa memória... foi um momento mágico, revelador. Passei pela Rua Deputado Lourival Brasil Filho imaginando um país melhor, um Brasil sonhando pelo saudoso Lourival, com sua beleza preservada, sua memória guardada e a luta diária de seus filhos pela preservação da sua história, da sua memória, das suas belezas e as coisas que nem o tempo nos leva mais...

Petrônio Souza Gonçalves é jornalista e escritor

http://petroniosouzagoncalves.blogspot.com


Loading. Please wait...

Fotos popular