Pravda.ru

CPLP » Brasil

Seleção brasileira estreia no lendário estádio de Twickenham, berço do rugby mundial

19.07.2011
 

Seleção brasileira estreia no lendário estádio de Twickenham, berço do rugby mundial. 15332.jpegSeleção brasileira estreia no lendário estádio de Twickenham, berço do rugby mundial

A campanha começou o sábado 09 de Julho com emocionante vitória por 17 a 14 contra o time da Universidade de Durham, atual campeão da categoria na Inglaterra. Na hora dos comentários chegaram o do Presidente da Confederação Brasileira de Rugby, Sami Arap, quem confirmou que com a confiança de patrocinadores e o apoio do Comitê Olímpico Brasileiro e do Ministério do Esporte, estaremos entre os melhores do mundo de acordo com o nosso Plano de Alto Rendimento". Foi logo a hora do "Portuga", Fernando Portugal, capitão e destaque de 30 anos quem também salientou com extremo orgulho que o mundo estava esperando pelo Brasil e ele chegou.

PERTO DE UM DOS MAIORES DESAFIOS DA HISTÓRIA, SELEÇÃO BRASILEIRA DE RUGBY MOSTRA OTIMISMO

Time masculino disputa 85ª edição do Middlesex Sevens, no tradicional Estádio de Twickenham, em Londres

São Paulo (SP) - Otimismo é a palavra de ordem da seleção masculina de rugby, que disputa neste fim de semana, a 85ª edição do Middlesex Sevens, no lendário Estádio de Twickenham, em Londres, na Inglaterra.

"Em Middlesex esperamos seguir crescendo em campo. Alguns pontos importantes do ataque e defesa estão sendo corrigidos e tenho otimas expectativas em relação à nossa participação", declarou Maurício Coelho, que ao lado de Martin Schusterman, comanda a seleção. 

Fernando Portugal, capitão brasileiro, projeta um bom desempenho. "Em poucos dias jogaremos um importante torneio, com grandes jogadores, no maior palco do rugby mundial. Queremos jogar bem, realizar um bom torneio, colocar em prática o que os treinadores estão nos propondo e fortalecer o grupo para compromissos ainda maiores, que estão por vir".

A seleção brasileira estreará contra o time da Universidade de Durham, atual campeão universitário da Inglaterra. Quem vencer passa para as quartas-de-final e o perdedor disputará a Taça de Prata.

SELEÇÃO BRASILEIRA ESTREIA NO LENDÁRIO ESTÁDIO DE TWICKENHAM, BERÇO DO RUGBY MUNDIALSeleção brasileira estreia no lendário estádio de Twickenham, berço do rugby mundial. 15333.jpeg

Time masculino joga pela primeira vez o tradicional Middlesex Sevens, em Londres, na Inglaterra, neste sábado 09 de Julho.

São Paulo (SP) - A Seleção Brasileira Masculina de Rugby faz sua estréia na 85ª edição do Middlesex Sevens neste sábado (09) contra o time de Durham, atual campeão universitário da Inglaterra, no lendário Estádio de Twickenham, em Londres, na Inglaterra. 

Quem vencer passa para as quartas-de-final e o perdedor disputa a Taça de Prata. A competição, uma das mais tradicionais do mundo, é histórica. É a primeira vez que uma seleção brasileira da modalidade faz uma excursão pela Europa.

"Por um lado estou vivendo um sonho pessoal, que superou as minhas expectativas, por outro, esse torneio é apenas uma parte da preparação da seleção brasileira para alcançar vôos ainda mais altos. Faço parte de um grupo que não tem limites neste esporte", afirmou o capitão Fernando Portugal.

Seleção brasileira estreia no lendário estádio de Twickenham, berço do rugby mundial. 15334.jpegO treinador Maurício Coelho também está eufórico. "Será uma grande honra dirigir a Seleção naquele campo. Representa um importante passo no crescimento do rugby brasileiro, que a cada dia tem um maior reconhecimento internacional", salientou Maurício Coelho, treinador da seleção ao lado do argentino Martin Schusterman.

Chave do Middlesex Sevens

Exército Britânico x Apache 
HFW Wailers x Esher
Wooden Spoon x White Hart Marauders
Social Vibe Pups x Barking


Brasil x Durham University 

London Scottish x Templars 7 RFC
London Welsh x Plymouth Albion
Olorun Sharks x Samurai

Estreia de sucesso na Europa - A seleção estreou na Europa no fim de semana passado e terminou o Newquay Sevens na terceira posição, após duas vitórias em quatro jogos. 

O Brasil começou com vitória por 17 a 5 contra o Raging Bull. Depois, perdeu para a equipe do Exército Inglês, vice-campeã de 2010, pelo placar de 14 a 7. Nas quartas-de-final, os brasileiros fizeram uma bela apresentação e venceram o Apaches por 36 a 19. Na semi, a seleção caiu diante do Samurai, equipe de renome internacional, por 31 a 0.

SELEÇÃO BRASILEIRA DE RUGBY FAZ HISTÓRIA NO MIDDLESEX SEVENS, EM LONDRES

Terceiro lugar coroou excelente campanha na estréia no Estádio de Twickenham, berço do rugby mundial

São Paulo (SP) - O rugby brasileiro deu mais um importante passo no caminho da sua evolução. A seleção masculina terminou a 85ª edição do Middlesex Sevens na terceira posição, após ótima campanha. O torneio marcou a estréia do Brasil no lendário Estádio de Twickenham, em Londres, na Inglaterra, palco dos jogos. Pela primeira vez em excursão na Europa, o Brasil volta com saldo positivo, já que também ficou em terceiro no Newquays Sevens, na semana passada. 
Hoje o coração do rugby mundial bateu verde e amarelo. O mundo esperava pelo Brasil e ele chegou", comemorou Fernando Portugal, capitão da seleção brasileira. 

A campanha começou com emocionante vitória por 17 a 14 contra o time da Universidade de Durham, atual campeão da categoria na Inglaterra. A equipe da casa começou melhor a abriu 7 a 0 no placar. Portugal foi o responsável pelo primeiro try brasileiro no estádio, diminuiu o resultado para 7 a 5 e levantou o público. 

Na volta do intervalo, Moisés Duque colocou os brasileiros em vantagem de 10 a 7. Na sequência, os ingleses deram o troco e assumiram a dianteira no marcador: 14 a 10. No fim, Henrique Dantas tratou de decretar a vitória brasileira, com um try convertido. Seleção brasileira estreia no lendário estádio de Twickenham, berço do rugby mundial. 15335.jpeg

Nas quartas-de-final, o time dirigido por Maurício Coelho e pelo argentino Martin Schusterman bateu o Templars 7 RFC, equipe londrina, por 26 a 19, novamente em partida emocionante. Os ingleses abriram 12 a 0, mas antes do intervalo, o Brasil empatou, com tries de Daniel Gregg e Moisés Duque.

O Templars desempatou para 19 a 12, mas Diego Lopez e Lucas Duque, em roubada de bola e contra-ataque veloz, decretaram a vaga brasileira por 26 a 19. Na semifinal, o Brasil enfrentou o Samurai, time da Nova Zelândia, presente nas principais competições do mundo e campeão do Middlesex na sequência do torneio.

O Brasil conseguiu equilibrar o jogo e esteve em igualdade no placar após try de Lucas Duque, convertido. O adversário abriu vantagem para 14 a 7 e no final, com o cronômetro já zerado, ampliou para 21 a 7. As duas equipes se enfrentaram recentemente no Newquays Sevens, com vitória para o Samuria por 31 a 0. O Brasil também conquistou os torcedores, que apoiaram a seleção em todos os jogos. 

"O Brasil teve duas semanas históricas na Inglaterra. Alcançamos duas semifinais jogando contra equipes da elite do rugby mundial. Em Twickenham, ganhamos o reconhecimento e carinho dos espectadores e comentaristas das TVs internacionais. Os atletas saíram ovacionados e aplaudidos de pé. Estamos absolutamente orgulhosos. Mostramos que, com a confiança de patrocinadores e o apoio do Comitê Olímpico Brasileiro e do Ministério do Esporte, estaremos entre os melhores do mundo de acordo com o nosso Plano de Alto Rendimento", analisou Sami Arap, presidente da Confederação Brasileira de Rugby.

Jogadores

Fernando Portugal
João Luiz da Ros 
Diego Lopes
Diogo Borges
Henrique Dantas
Lucas Duque
Felipe Claro
Julian Menutti
Moises Duque
Daniel Gregg
Rafael Dawailibi
Erick Monfrinatti

Comissão técnica
Treinadores - Maurício Coelho e Martin Schusterman 
Manager - Joaquim Mina
Fisioterapeuta - Jean Marc Volland

SEGUNDA EDIÇÃO DA COPA CULTURA INGLESA DE RUGBY JUVENIL ESTÁ CHEGANDO

Desta vez Jundiaí (SP) será a sede do torneio, com a participação de dez equipes de seis estados reunindo a nova geração do esporte. A abertura está marcada para o dia 17

São Paulo (SP) - A segunda edição da Copa Cultura Inglesa de Rugby Juvenil será realizada na cidade de Jundiaí (São Paulo) entre 17 e 24 de julho. O evento, consolidado como o principal das categorias de base do esporte, reunirá equipes das categorias M17 (até 17 anos de idade) e M19 (de 17 a 19 anos).

"O rugby brasileiro está em um momento de ascensão e devemos continuar olhando para os novos valores. Destes campeonatos sairão atletas que jogarão por nossas seleções", afirmou Antonio Martoni, Gestor de Alto Rendimento Masculino da Confederação Brasileira de Rugby (CBRu). A modalidade estreará como esporte olímpico nos jogos de 2016, no Rio de Janeiro. 

São Paulo (Capital) venceu a disputa de 2010, que só contou com a categoria M19, e a equipe está confirmada para esta edição, junto com São Paulo (Interior), São Paulo (Vale do Paraíba), Rio de Janeiro, Paraná, Santa Catarina, Rio Grande do Sul e Minas Gerais.

A categoria M17 terá a presença das equipes São Paulo (Capital / Interior), São Paulo (Vale do Paraíba), Rio de Janeiro e Rio Grande do Sul. "É importante ter equipes de lugares variados do Brasil. Nossa meta é sempre ter cada vez mais estados representados", continuou Martoni.

Para Reinaldo Campos, Gerente de Marketing da Cultura Inglesa São Paulo, a aposta no esporte se dá pelos seus valores que se aproximam com os objetivos da escola. "Procuramos incentivar a liderança, o envolvimento em equipe, garra e competitividade saudável em nossos alunos e estes são valores fundamentais no esporte", justifica. 

A Copa Cultura Inglesa de Rugby Juvenil é uma realização da Confederação Brasileira de Rugby. O campeonato tem patrocínio da Cultura Inglesa e co-patrocínio da Topper, Bradesco e CCR, com apoio da Prefeitura de Jundiaí, 12º G.A.C., Wally's Rugby e Winner Publicidade. 

EMBALADA PELO SUCESSO DOS ADULTOS, NOVA GERAÇÃO DISPUTA COPA CULTURA INGLESA DE RUGBY JUVENIL

Atual momento do rugby brasileiro é porta de entrada para novos talentos. Maior  torneio das categorias de base do País começa domingo 17 de Julho.

São Paulo (SP) - O rugby brasileiro atravessa o melhor momento de sua história, dentro e fora do campo. Todas as seleções conquistaram resultados expressivos e o esporte segue evoluindo com novos patrocinadores e interessados. É neste panorama que será realizada a segunda edição da Copa Cultura Inglesa de Rugby Juvenil, entre 17 e 24 de julho, na cidade de Jundiaí (São Paulo).

A maior competição das categorias de base do Brasil reunirá equipes das categorias M17 (até 17 anos de idade) e M19 (de 17 a 19 anos) na categoria Rugby XV. São Paulo venceu a disputa de 2010 na categoria M-19 e novamente vai com três seleções para esse ano. Rio de Janeiro, Paraná, Santa Catarina, Rio Grande do Sul e Minas Gerais completam a lista de seleções estaduais do torneio.

A novidade será a categoria M17, que terá a presença de duas equipes do estado de São Paulo, uma do Rio de Janeiro e uma Rio Grande do Sul. 

"Não consigo ver limites para os novos jogadores de rugby do Brasil. Sem dúvida, cada jogador das categorias de base de hoje conhece muito melhor este esporte do que eu conhecia quando tinha essa idade", analisou Fernando Portugal, 30 anos, capitão da seleção brasileira de Sevens e um dos principais jogadores da Seleção de XV.

As partidas da Copa Cultura Inglesa serão no campo do 12º Grupo de Artilharia de Campanha (GAC) de Jundiaí, em dois tempos de 15 minutos. "O rugby brasileiro está em um momento de ascensão e devemos continuar olhando para os novos valores. Destes campeonatos sairão atletas que jogarão por nossas seleções e podem representar o Brasil nos Jogos Olímpicos em 2016", afirmou Antonio Martoni, Gestor de Alto Rendimento Masculino da CBRu.

Melhor temporada da história - A temporada 2011 é a melhor de todos os tempos do rugby brasileiro. A seleção masculina de Sevens finalizou com sucesso a primeira excursão na Europa no último sábado. Foram dois terceiros lugares nos torneios de Newquay e Middlesex (este disputado no Estádio de Twinckenham), contra alguns dos principais times do mundo.

"Chegamos pela primeira vez ao coração do rugby mundial com respeito conquistado dentro de campo. Onde mostramos que em nosso país o rugby está se desenvolvendo com qualidade de jogo. Com certeza foi uma surpresa para as potências do esporte ver o Brasil jogando em bom nível e abrindo os olhos de quem não se sentia ameaçado com nosso crescimento", comentou Moisés Duque, um dos destaques da seleção.

Além disso, a equipe venceu a Argentina, pela primeira vez na história, Uruguai, Chile e Paraguai, nesta temporada e já tem vaga garantida nos Jogos Pan-Americanos em outubro. O selecionado feminino conquistou o heptacampeonato sul-americano e realizou também com sucesso excursão no exterior. E a seleção masculina de XV fez boa campanha no Sul-Americano deste ano.

A Copa Cultura Inglesa de Rugby Juvenil é uma realização da Confederação Brasileira de Rugby. O campeonato tem patrocínio da Cultura Inglesa e co-patrocínio da Topper, Bradesco, CCR, Terapêutica e Probiótica, com apoio da Prefeitura de Jundiaí, 12º G.A.C., Wally's Rugby e Winner Publicidade. 

Serviço - Para chegar ao campo do 12º Grupo de Artilharia de Campanha (GAC), saindo de São Paulo (sentido interior), deve pegar a saída para Jundiaí/Anhanguera. Antes de chegar à Anhanguera, pegar a marginal (seguir placa 12º GAC). O campo fica mais um 1 km à frente. A entrada é gratuita.

Comissão técnica

Treinadores - Maurício Coelho e Martin Schusterman 
Manager - Joaquim Mina
Fisioterapeuta - Jean Marc Volland

Outras informações no site 

http://www.brasilrugby.com.br/

http://www.culturainglesasp.com.br/wps/portal/Internet/home

Brasil Rugby no Facebook

Entenda o rugby

O PRAVDA agradece as fotos da Sylvia Diez e Rafael Silva, além das informações fornecidas pelo Depto. de Assessoria, MKT e Comunicações da BRASIL RUGBY, Sr. Vinícius Cabral.

A matéria pode ser visitada no único site esportivo lusófono uruguaio, SOTAQUE ESPORTIVO, que acabou de mudar a cara.

http://sotaqueesportivo.blogspot.com/

Gustavo Espiñeira

Correspondente PRAVDA.ru

Montevidéu - Uruguai

 

 


Loading. Please wait...

Fotos popular