Pravda.ru

CPLP » Brasil

Estudante brasileiro morto por causa de um ataque de tubarão

19.06.2006
 
Estudante brasileiro morto por causa de um ataque de tubarão

 
  O estudante brasileiro Humberto Pessoa Batista, 27 anos, morreu neste domingo por volta das 9h30, depois de ser atacado na coxa esquerda por um tubarão quando surfava na Praia Del Chifre, bairro do Carmo, em Olinda ,comunicam as Agências do Brasil. 

Batista foi socorrido, mas não conseguiu chegar vivo ao Hospital da Restauração, no Recife, porque a mordida atingiu a artéria femural, causando intenso sangramento.

 De acordo com o Corpo de Bombeiros, deveria estar a 2,5 metros de profundidade a cerca de 15 metros da areia no momento do ataque. Ele integrava um grupo de pelo menos 30 surfistas.

Esse foi o primeiro ataque e morte provocado por tubarão registrado oficialmente em Olinda. As praias do litoral Norte – de Olinda a Paulista – integravam a área de restrição ao esporte, mas foram liberadas, neste ano, diante da ausência de ocorrências na área. A proibição ficou mantida na faixa litorânea do porto de Suape ao porto do Recife, onde desde 1992 ocorreram 48 ataques de tubarão, com 17 mortes. Com a agressão de ontem, o número total no Estado passa para 49, com 18 mortes.

 Os tubarões do tipo cabeça- chata e tigre têm sido as espécies responsáveis pelas agressões.

 Estudo da Universidade Federal Rural de Pernambuco indica que a grande ocorrência no litoral pernambucano têm como principal causa a construção do porto de Suape, que modificou o meio ambiente e provocou maior tráfego de navios na área. Neste ano, outras três ocorrências foram registradas. Em abril e maio, os caminhoneiros José Ivair Pereira, 35, e Rogério Antonio de Carvalho, 33, foram atacados quando se banhavam nas praias de Piedade e Boa Viagem, no Grande Recife. Os dois sobreviveram.
  


Loading. Please wait...

Fotos popular