Pravda.ru

CPLP » Brasil

Brasil: Safra aumenta em 2007

19.01.2007
 
Brasil: Safra aumenta em 2007

Safra de grãos de 2007 deve ser 6,3% maior que a de 2006 - O IBGE realizou em dezembro o segundo prognóstico das áreas plantadas ou a plantar, bem como da produção para a safra de 2007. Neste ano, a produção de cereais, leguminosas e oleaginosas é estimada em 123,9 milhões de toneladas, 6,3% maior que a obtida em 2006.

O IBGE realizou em dezembro o segundo prognóstico das áreas plantadas ou a plantar, bem como da produção para a safra de 2007. Neste ano, a produção de cereais, leguminosas e oleaginosas é estimada em 123,9 milhões de toneladas, 6,3% maior que a obtida em 2006.

Dentre os 11 produtos pesquisados2, 6 devem apresentar variação positiva em relação à área plantada em 2006: algodão herbáceo em caroço (13,0%), batata inglesa 1ª safra (4,2%), cana-de-açúcar (5,0%), cebola (2,5%), feijão 1ª safra (5,1%) e mandioca (2,6%). Com variação negativa, devem ficar amendoim em casca 1ª safra (-6,5%), arroz em casca (-0,9%), fumo em folha (-5,4%), milho em grão 1ª safra (-3,3%) e soja (-7,8%).

A produção esperada deve apresentar variação positiva para algodão herbáceo em caroço (24,5%), batata-inglesa 1ª safra (14,7%), cana-de-açúcar (5,3%), cebola (1,9%), feijão 1ª safra (33,1%), fumo em folha (0,8%), mandioca (1,2%), milho 1ª safra (11,0%) e soja (5,1%). Com variação negativa, devem ficar amendoim em casca 1ª safra (-12,2%) e arroz em casca (-4,0%).

A segunda estimativa de produção para o algodão herbáceo em caroço em 2007 perfaz um total de 3,6 milhões de toneladas, significativamente maior (24,5%) à obtida em 2006 (2,9 milhões de toneladas). Essa variação positiva deve-se à recuperação dos preços tanto no mercado interno como no externo, à menor produção mundial e também à necessidade de rotação de culturas, com o objetivo de controlar pragas e doenças.

No Mato Grosso, maior produtor nacional de algodão, a safra aguardada é de 1,9 milhão de toneladas, 31,3% superior à produção de 2006. Também a área plantada e a produtividade devem ter incrementos de 28,9% e 1,8%, respectivamente.

O arroz deve ter um crescimento de 4,0% em relação ao volume colhido em 2006, com produção de 11,0 milhões de toneladas. Numa área plantada de 3,0 milhões de hectares, espera-se uma produtividade de 3.717 kg/ha. No Rio Grande do Sul, onde a produção de arroz é mais expressiva (cerca de 59,0% em 2006), o clima apresenta-se favorável ao desenvolvimento da lavoura, apesar de problemas relativos ao suprimento de água das regiões da Campanha e Fronteira Oeste. O estado espera colher uma produção da ordem de 5,9 milhões de toneladas, 12,6% inferior à de 2006. A área plantada estimada é de 933 mil hectares.

O feijão na primeira safra tem uma produção prevista para 2007 da ordem de 2,1 milhões de toneladas, 33,1% maior que em 2006 (1,6 milhão de toneladas). Esse aumento deve-se aos preços, que na época do plantio mostravam-se favoráveis, e à recuperação na produtividade. A produção esperada para o Paraná é da ordem de 601 mil toneladas, 33,2% superior à de 2006 (451 mil toneladas). Também a área e a produtividade devem crescer 11,8% e 19,2% respectivamente.

A 1ª safra, o milho deve mostrar uma expansão de 11,0% em relação a 2006. Assim, estima-se uma produção de 34,9 milhões de toneladas em 2007. A área deve diminuir 3,3%, e a produtividade crescer 10,7%, mostrando uma recuperação face às perdas da safra anterior. Na região Sul, onde se concentra a maior produção de milho, aguarda-se um total de 17,0 milhões de toneladas, ante as 15,1 milhões de toneladas em 2006. Os três estados produtores, Paraná (5,7%), Santa Catarina (25,0%) e Rio Grande do Sul (15,5%) deverão apresentar crescimento. Assim como em nível nacional, também deve haver recuperação da produtividade nesses estados, de, respectivamente, 17,8%, 31,4% e 20,3%.

Quanto à soja, o segundo prognóstico mostra um aumento de 5,1% na produção esperada, em decorrência da recuperação nos níveis de produtividade, embora esteja havendo queda na área, uma vez que, no início de implantação das lavouras, os preços estavam desestimulantes, os produtores, descapitalizados, e havia alguns gargalos de logística, podendo refletir em despesas futuras no momento de escoar a safra 2007. Em nível nacional, espera-se obter uma produção de 54,9 milhões de toneladas. A área plantada deve cair 7,8%, e a produtividade apresentar um ganho de 13,7%, ficando respectivamente em 20,3 milhões de hectares e 2.706 kg/ha. Paraná e Mato Grosso, maiores produtores brasileiros de soja, devem apresentar, respectivamente, produções de 11,8 milhões e 13,7 milhões de toneladas. A produtividade deverá ser 25,9% maior no Paraná e 6,3% no Mato Grosso.

Nota

2 Com vistas à estimativa da produção nacional de 2007, agregaram-se os valores levantados nas regiões e estados onde a pesquisa foi realizada aos encontrados numa projeção feita tomando-se como base as informações de anos anteriores para as culturas de inverno (aveia, centeio, cevada e trigo) e para os produtos de segunda e terceira safras. Para a cana-de-açúcar e a mandioca a comparação foi feita com a área colhida.

Fonte IBGE

Ricardo Bergamini
ricoberga@terra.com.br
rbfln@terra.com.br


Loading. Please wait...

Fotos popular