Pravda.ru

CPLP » Brasil

Em Paris, uma exposição-manifesto de artistas brasileiros

17.10.2019
 
Em Paris, uma exposição-manifesto de artistas brasileiros. 31933.jpeg

Em Paris, uma exposição-manifesto de artistas brasileiros

Na última sexta-feira, 4 de outubro, às 19 horas, foi inaugurada a exposição "Brasil em Transe" de pinturas a óleo, organizada pela artista plástica Mazé Leite, na Galerie Art et Societé de Paris. A mostra reúne o trabalho de 12 artistas plásticos brasileiros ligados ao Ateliê Contraponto de São Paulo e ficará na capital francesa até o próximo dia 20 de outubro.

Cerca de 150 pessoas passaram pela galeria localizada no coração do bairro do Marais, em Paris, para o vernissage da exposição que consta de 22 obras realizadas em um ano e meio de trabalho por onze alunos do Ateliê Contraponto, mais 11 pinturas de Mazé Leite. Para esta exposição, viajaram cerca de 25 brasileiros em direção a Paris. Amigos de outros países também vieram de cidades como Dublin (Irlanda), Londres (Inglaterra) e Amsterdam (Holanda). Muitos brasileiros que vivem na França também estiveram no evento, em sua maioria ligados a movimentos de brasileiros que se unem atualmente para se contrapor ao governo bolsonarista e em especial pessoas ligadas aos comitês franceses pela liberdade de Lula. Além destes, muitos franceses também vieram ao vernissage, trazidos pela divulgação solidária das redes de amigos e camaradas do PCF.

Neste ano e meio de trabalho de criação das 33 obras, cujo tema geral é "Brasil em transe", os artistas se voltaram a retratar pictoricamente momentos e personalidades da cultura brasileira mas também temáticas mais políticas, como o drama dos rompimentos de barragens que atingem o meio-ambiente e as populações das áreas atingidas, o genocídio da juventude negra, os preconceitos sofridos pela população LGBTI, a liberação de agrotóxicos mortais em nossa agricultura, a morte de Marielle Franco, a prisão de Lula, etc. Cada artista se expressou, dentro da temática, da forma como mais se sente atingido no momento atual. O conjunto dos quadros revela aos franceses a força da arte brasileira e de seus artistas, vivendo um momento crítico da sua história.

As pinturas foram muito bem recebidas e diversas pessoas se disseram surpresas com a qualidade do trabalho do Ateliê Contraponto. Entre taças de vinho, brasileiros e franceses se misturaram, e as conversas versavam não só sobre o trabalho artístico, mas principalmente sobre a triste situação política em que o Brasil se encontra após a eleição de Bolsonaro. Todos buscavam entender todo o processo, muitos manifestando o espanto diante de quão rapidamente a extrema-direita avançou no Brasil, chegando ao poder central.

Em um determinado momento do evento, franceses e brasileiros se postaram na rua em frente à galeria, puxados pelo Comitê Lula Livre de Paris, gritando palavras de ordem pela liberdade de Lula! Foi uma reação natural, surgida dessa união entre amigos e camaradas brasileiros e franceses, todos solidários ao Brasil que passa por momento de tantas dificuldades na vida política e econômica, governando por um presidente neo-fascista. Outras atividades estão sendo pensadas pela rede de brasileiros em Paris, aproveitando a exposição, para promover atos em apoio ao povo brasileiro, contra Bolsonaro.

Como faz questão de ressaltar a artista e professora do Ateliê Contraponto, Mazé Leite, "a realidade sempre será nossa maior e inesgotável referência. Seja a realidade física, seja a realidade de nossa existência como seres que ocupamos um determinado espaço em um tempo determinado. A arte jamais esteve isolada do restante da vida, em qualquer período histórico. Quando o homem pré-histórico pinta um bisão na parede de uma caverna, está expressando um símbolo do seu mundo, mas num certo sentido, seu modo de vida. Quando Michelangelo pintou a Capela Sistina, ilustrou uma ideia, uma cosmologia baseada em uma visão de mundo. Delacroix, com sua "Liberdade guiando o povo", pintou um verdadeiro manifesto, indicando um novo tempo que precisava nascer. Sim, a arte tem um papel importante no mundo: elevar o espírito humano, o que muitas vezes quer dizer, provocar deslocamentos, fazer refletir".

Por isso, as obras desta exposição são a expressão individual de cada um dos sobre o Brasil dos dias atuais. "De um lado, um país rico culturalmente, imensamente criativo, musical, expressivo, miscigenado, multicolorido. De outro, um país em transe caótico: político, econômico, ambiental, social, cultural... Os dias atuais no Brasil são de medo: da volta dos dias terríveis da censura, dos ataques à democracia, à rica cultura brasileira, ao seu povo, ao seu meio-ambiente, ao seu futuro", completa Mazé.

Após a eleição de Bolsonaro, houve uma reação unânime entre os artistas do Ateliê Contraponto: esta quadrilha que chegou ao poder central no Brasil é nefasta. Neste ano e meio de trabalho, enquanto pintavam suas telas para esta exposição de Paris, Marielle Franco foi assassinada, Lula foi preso, Bolsonaro foi eleito, o conservadorismo se aprofundou, o desrespeito aos direitos humanos também. Duas barragens de lama despejaram detritos sobre Mariana e Brumadinho, em Minas Gerais. A polícia militar mata mais jovens negros do que nunca, nas periferias do Brasil. E há poucas semanas, vimos o horror da floresta amazônica pegando fogo.

"Isso tudo nos afeta como sociedade e, obviamente, nos afeta como artistas. Como artistas, expressamos nossos sentimentos frente a tudo o que está acontecendo. Como lidamos com imagens, pintamos! Mas como seres humanos, e brasileiros, gritamos contra o retrocesso que estamos sofrendo, contra os conservadorismos de todos os tipos, contra todas as injustiças, incluindo a injusta prisão do presidente Lula", finaliza Mazé Leite.

Foto: "80 tiros!", Mazé Leite, óleo sobre tela, 70x50cm, 2019)

 

Exposição de pinturas "Brasil em Transe"

Período: 4 a 20 de outubro de 2019

Horário: das 12h às 20h

Local: Galerie Art et Societé

19 Rue du Ponto Louis-Phillipe

75004 - Paris França

https://www.resistencia.cc/em-paris-uma-exposicao-manifesto-de-artistas-brasileiros/

 


Fotos popular