Pravda.ru

CPLP » Brasil

Clodovil pede desculpas, Cida não admite

16.05.2007
 
Clodovil pede desculpas, Cida não admite

O deputado Clodovil Hernandes (PTC-SP) internado numa clínica de São Paulo divulgou esta terça-feira (15) a carta , dirigida "ao povo brasileiro", em que  pede desculpas às mulheres e admite que ultrapassou os limites do "politicamente correto".

"Não vou negar que expus, durante uma entrevista, alguns pensamentos polêmicos a respeito das mulheres. Jamais quis ofendê-las. Foram dadas matizes de escândalos a uma entrevista que deveria ser pintada com uma cor neutra. Arrependo-me de não ter sido atento, e de não me ter dado conta de que ultrapassava os limites do 'politicamente correto'", disse o deputado.


"Peço desculpas às mulheres. Elas sabem, pois me conhecem há anos - e não somente agora na figura de deputado federal - que sou assim, que às vezes me empolgo e falo demais, mas que isso não significa, em momento algum, desprezo ou desrespeito pela mulheres que, num pais como o nosso, cheio de injustiças, representam papel de extrema relevância", disse o deputado, citando ainda o "papel importante" desempenhado por sua mãe. "E eu jamais desrespeitaria a minha mãe", acrescentou.

Entretanto mesmo com este pedido formal de desculpas às mulheres a deputada Cida Diogo (PT-RJ) não quer desistir do processo contra Clodovil por danos morais e difamação, segundo Agência Estado. Ela disse que pretende que o parlamentar responda na Justiça as ofensas que fez a ela no plenário da Câmara. "O pedido de desculpas foi uma primeira vitória nossa. Ele reconheceu que errou".

A deputada informou que vai definir com seu advogado, até o final desta semana, a fundamentação da ação que pretende ingressar contra o deputado paulista. Segundo ela, a ação deverá envolver duas questões que ela considera "gravíssimas": a afirmação de que ela não serve para ser prostituta e que precisa ser senhora de família.

Foram encaminhadas duas representações Mesa da Câmara em função das declarações do deputado Clodovil Hernandes sobre as mulheres. Uma tem 100 assinaturas e exigia a retratação de Clodovil. A outra, apresentada pelo líder do PT, deputado Luiz Sérgio (RJ), acusa o deputado de desrespeitar a Constituição e o Código de Ética e Decoro Parlamentar ao fazer comentários ofensivos s mulheres.


Loading. Please wait...

Fotos popular