Pravda.ru

CPLP » Brasil

Centro Lusófono em São Petersburgo

13.12.2014
 
Centro Lusófono em São Petersburgo. 21292.jpeg

Embaixada do Brasil presta homenagem a Centro Lusófono em São Petersburgo

SÃO PETERSBURGO - O embaixador do Brasil em Moscou, Antonio Guerreiro, prestou uma homenagem ao Centro Lusófono Camões da Universidade Estatal Pedagógica Hertzen, de São Petersburgo, com a entrega de um diploma em que reconhece a "relevante contribuição" que a instituição tem prestado à difusão da cultura brasileira na Federação Russa. A solenidade de entrega do diploma ao diretor do Centro Lusófono Camões, professor Vadim Kopyl, assim como a representantes de várias instituições e seus departamentos de línguas românicas e bibliotecas, foi feita na Embaixada do Brasil em Moscou.

Na ocasião, o primeiro-secretrário da Embaixada, Igor Germano, e o diretor do Centro estudaram a possibilidade de a representação diplomática patrocinar, com o apoio da Biblioteca Nacional do Rio de Janeiro, o lançamento de uma antologia de contos de 35 autores brasileiros contemporâneos em edição bilingue (russo-portuguesa). O livro deverá ser editado em memória do diplomata Dário Moreira de Castro Alves (1927-2010), antigo sócio-honorário do Centro, embaixador do Brasil em Portugal de 1979 a 1983 e tradutor do romance em versos Eugênio Oneguin, de Alexandr Pushkin (1799-1837).

            Em 2006, com o apoio da Embaixada do Brasil em Moscou, o Centro publicou o livro Contos e, em 2007, Contos Escolhidos, ambos de Machado de Assis (1839-1908) em edição russo-portuguesa, com prefácios de Adelto Gonçalves, doutor em Letras pela Universidade de São Paulo (USP) e autor das biografias Gonzaga, um poeta do Iluminismo (Rio de Janeiro, Nova Fronteira, 1999) e Bocage: o perfil perdido (Lisboa, Editorial Caminho, 2003).

Desde a sua fundação em 1999, o Centro publicou também em edições bilíngues os livros Guia de Conversação Russo-Portuguesa ContemporâneaPoesia Portuguesa Contemporânea (2004), que reúne poemas de 26 poetas portugueses, e Vou-me embora de mim (2007), do poeta português Joaquim Pessoa. Em 2013, a Embaixada do Brasil em Moscou apoiou a publicação da segunda edição revista do livro Contos Escolhidos, de Machado de Assis.

O Centro Lusófono Camões tem hoje quatro estudantes no nívelsuperior (três deles estudando fora do país), quatro nonível médio e 15 no nível zero.

Biblioteca

Segundo o professor Kopyl, o Centro Lusófono Camões recebeu por correio, desde agosto de 2011, mais de 300 livros de instituições e autores do mundo lusófono que vêm enriquecendo o seu acervo, a tal ponto que teve de instalar novas estantes em sua biblioteca. As instituições, editoras e autores interessados devem enviar os seus livros para:

Prof. Vadim Kopyl

CENTRO LUSÓFONO CAMÕES

Moica 48 - UNIVERSIDADE ESTATAL PEDAGÓGICA HERTZEN k. 14

São Petersburgo - Rússia

__________________________________

Legendas das fotos:

Diploma em que a Embaixada do Brasil em Moscou reconhece a "relevante contribuição" do Centro Lusófono Camões da Universidade Estatal Pedagógica Hertzen na difusão da cultura brasileira na Rússia

  

Antonio Guerreiro, embaixador do Brasil em Moscou, e o professor Vadim Kopyl, diretor do Centro Lusófono Camões: esforços para a divulgação da cultura brasileira na Federação Russa

 


Loading. Please wait...

Fotos popular