Pravda.ru

CPLP » Brasil

Caros Amigos, Brasil de Fato e Carta Capital: quem não lê continua vítima da mídia da direita

10.10.2008
 
Caros Amigos, Brasil de Fato e Carta Capital: quem não lê continua vítima da mídia da direita

Caros Amigos é uma revista mensal que há mais de dez anos é um alimento sério e um contra-veneno para as intoxicações da chamada grande mídia ou, mais concretamente, a mídia empresarial, patronal, corporativa ou simplesmente burguesa.

É um apanhado do mês que traz informações, fatos e dados que esclarecem o que, às vezes, ficou confuso ou incompreendido durante o período. Traz uma visão crítica, de esquerda, que é a antítese da versão e do enfoque que a direita vomita diariamente sobre a cabeça dos caros ouvintes, caros leitores, ou mais ainda caríssimos telespectadores.

Brasil de Fato é uma publicação de esquerda que a cada semana trata de vários temas centrais e atuais no debate político. Serve como um desinfetante contra a mídia que está do outro lado, o lado patronal, o lado do capitalismo, seja ele financeiro, industrial, comercial, nacional ou internacional. É uma publicação plural que abriga, em suas fileiras, desde bispos a tradicionais comunistas de vários partidos: do PCB, PCdoB, PSTU, PSOL, PT, PDT ao PSB.

Reúne desde ativistas militantes de vários movimentos sociais, com destaque para o MST, que é a alma do semanário, a renomados professores, comunicadores e cientistas políticos. Dele participam ativistas ambientalistas, feministas, lutadores pelos direitos humanos e, especificamente, o direito de os trabalhadores construírem sua sociedade.

O fio condutor do Brasil de Fato é a construção de outra sociedade, com nome e sobrenome: uma sociedade socialista. Uma alternativa a esta sociedade capitalista neoliberal.

Carta Capital não é uma revista de nenhum grupo ou partido de esquerda. Definiria como uma revista social-democrata assumida. Como tal, não aceita a sociedade e as injustiças por ela produzidas. Combate e apresenta sempre outra versão da comunicação truncada, distorcida ou simplesmente falsificada que a sociedade produz para se sustentar. Com extrema clareza e coragem, fustiga o sistema e seu aparato de divulgação e sustentação ideológica, a mídia. Sua marca, até hoje, tem sido a independência e a distância do poder. É riquíssima em informações, dados e fatos que só ela conhece, investiga e publica, sem medo. É uma ferramenta essencial para quem quer agir e mudar este mundo.

Essas três publicações não podem faltar na bolsa, sacola, mesa ou nas mãos de todo lutador por uma nova sociedade. Ler estes três veículos não é uma opção. É uma condenação. Sem eles é como brincar de cabra cega. Em tempo: essa condenação é um enorme prazer, como o nascer do sol após uma noite sem lua.

[Por Vito Giannotti]

www.piratininga.org.br


Loading. Please wait...

Fotos popular