Pravda.ru

CPLP » Brasil

Brasil deve extrair o máximo de benefícios de “parceria” com EUA

10.03.2007
 
Brasil deve extrair o máximo de benefícios de “parceria” com EUA

A intenção de George W. Bush na visita ao Brasil é muito mais dirigida aos seus próprios interesses do que se pensa. Ele quer aproximação política com o Brasil, que por sua vez tentou, em vão, dar conotação de economia ao encontro.

Não adianta esperar que as tarifas de importação do álcool brasileiro sejam derrubadas de uma hora para outra pelo governo dos Estados Unidos, como pediu o presidente Lula ao “colega” Bush.

Isso poderia ser ótimo, mas não vai acontecer porque, primeiro, precisaria de aprovação do Congresso norte-americano, que tem hoje maioria de oposição a George Bush. E segundo, porque os Estados Unidos não são uma nação filantrópica e que se preocupe com os problemas dos outros. Com isto o presidente dos EUA

descartou ontem uma redução nas taxas impostas pelos americanos sobre a importação do etanol brasileiro. “Isso não vai acontecer, essa lei sobre as tarifas vai se estender até 2009. E quando chegar no fim deste período, o congresso vai fazer alguma coisa”, disse Bush, em entrevista coletiva após almoçar com o presidente brasileiro. Mas após os presidenciais de 2008 nos EUA talvez seja eleito novo presidente e ninguem sabe o que vai fazer o congresso.

É preciso, claro, aproveitar o momento e pegar carona em tudo que tem acontecido e ainda pode acontecer. O Brasil deve extrair o máximo de benefícios que puder desta “parceria”. E ela deve render, sim, frutos.

Mas nem o país, nem seus governantes, devem se iludir. Bush quer absorver tecnologia brasileira para produzir álcool, quer encontrar terras para isso e precisa reduzir o gasto interno com petróleo para minimizar a dependência de países petroleiros como a Venezuela, de seu eterno desafeto Hugo Chavez, e “reinos” como o Irã.

No final, ainda dá, pensa ele, para aproveitar e tirar uma casquinha posando de baluarte da defesa do meio ambiente. O uso do álcool incentiva a redução de emissão de gases tóxicos por reduzir a queima de combustíveis fósseis. E Bush adora o álcool.

Pravda


Loading. Please wait...

Fotos popular