Pravda.ru

CPLP » Brasil

Relatório preliminar aponta o fator determinante da colisão com Boeing da Gol

08.11.2006
 
Relatório preliminar aponta o fator determinante da colisão com Boeing da Gol

A leitura da última caixa-preta ( cilindro da voz) do Boeing 737-800 da Gol revela que que a tripulação não teve nem tempo de gritar, informou o Jornal da Band. Os passageiros e tripulantes teriam perdido a consciência no momento em que o avião entrou em parafuso, segundos após a colisão.

 Como o transponder do Legacy estava desligado ou falhou, o sistema de colisão das duas aeronaves não detectou choque iminente. Como não há registro de manobras bruscas que antecederam a colisáo, é presumível que nenhum dos dois pilotos tenha percebido a aproximção do outro.

A asa esquerda do Legacy atingiu o final da asa esquerda do Boeing e se desprendeu. O avião entrou imediatamente em parafuso para a esquerda. As duas primeiras voltas teriam durado menos de 1 segundo.

De acordo com informações dos peritos a oito mil metros pés de altitude, cerca de dois mil metros acima do nível do solo, o gravador de dados do Boeing teria parado de funcionar.

Ainda, segundo os peritos, foi neste momento que o avião teve a estrutura destruída pelo atrito com o ar. Eles afirmam ainda que este seria o motivo dos destroços da aeronave e dos corpos terem sido lançados a uma grande distância do local da queda da caixa-preta e estarem espalhados por uma área de cerca de 20 hectares.

Os peritos também acreditam que os pilotos não tenham visto o Legacy vindo na direção contrária, já que dados preliminares apontam que não houve registro de manobras bruscas nos segundos que antecederam o acidente.

De acordo com o ministro Waldir Pires, a análise do cilindro de voz da aeronave não acrescentou novidades а investigaçгo. "O que se ouve é um caos generalizado, que se extingue rapidamente", disse ele, de acordo com o jornal O Estado de S. Paulo.

Agência Estado infirmou hoje , que o relatório preliminar sobre as causas do acidente entre o jato Legacy e o Boeing da Gol, previsto para ser divulgado nos próximos dias, deve apontar o desligamento do transponder (equipamento que emite sinais para os radares em terra e para outras aeronaves) como fator determinante para a colisão que deixou 154 mortos, no dia 29 de setembro, em Mato Grosso.

Com agências


Loading. Please wait...

Fotos popular