Pravda.ru

CPLP » Brasil

Lula e Iuchenko falam sobre o projeto “Alcantara Ciclone Space”

07.11.2006
 
Lula e Iuchenko falam sobre o projeto “Alcantara Ciclone Space”

No contato telefônico da segunda-feira, o presidente da Ucrânia, Viktor Iuchenko, felicitou o presidente Luiz Inácio Lula da Silva pela releição para segundo mandato. O Serviço de Imprensa da Presidência da República comunicou que Viktor Iuchenko confirmou o convite passado ao presidente brasileiro para visitar a Ucrânia no próximo ano.

 As Partes apontaram na conversa o grande potencial da cooperação econômica bilateral e examinaram perspetivas de sua ampliação. Os dois chefes de Estado focalizaram também a cooperação no setor espacial.

Ao comentar a criação da “joint venture” “Alcantara Ciclone Space”, Viktor Iuchenko manifestou a esperança de que a empresa inicie atividades práticas num futuro imediato. A empresa ucraniana Dneprotiazhmash está terminando a fabricação da plataforma de lançamento de foguetes Ciclone-4 e dos correspondentes equipamentos terrestres para a base de Alcântara, que fica no Maranhão.
O envio das peças e equipamentos estará pronto em meados de 2007, de acordo com Yuili Dragomiretski, diretor do consórcio aeroespacial ucraniano.

O desenho e os projetos das instalações e equipamentos foram feitos pelo escritório de engenharia Yuzhnoye, e o consórcio Dneprotiazhmash está encarregado da fabricação dos 63 componentes, que pesam 68 toneladas, e dos seis blocos de equipamentos, com 360 toneladas, para o conjunto de lançamento, disse.

Dragomiretski não informou o valor do contrato, cuja parte financeira, lembrou, é mantida em segredo.

A plataforma de lançamento Alcântara prevê aproveitar a privilegiada posição do Brasil para utilizar os foguetes Ciclone 4 na colocação de satélites em órbitas circulares baixas e médias e em órbitas provisórias, de onde os aparelhos espaciais serão recolocados em posições geoestacionárias.
Por trás do projeto, está a empresa mista ucraniano-brasileira Alcântara Ciclone Space, da qual ambos os países têm participação de 50%. A empresa foi criada este ano com capital de fundação de US$ 105 milhões.

A parte ucraniana é representada pela Fundação de Propriedades do Estado e a brasileira pelo Ministério de Ciência e Tecnologia e pela Agência Espacial Brasileira (AEB).
O Ciclone 4 é a última versão do foguete propulsor Ciclone, amplamente utilizado pela Rússia para colocar em órbita vários satélites de lançamento único.

Em outubro de 2003, o Brasil assinou um acordo de cooperação com a Ucrânia que permitirá à república ex-soviética utilizar a base de Alcântara para os lançamentos do Ciclone 4, e em troca dará assistência técnica ao Brasil para o desenvolvimento de seus próprios propulsores.


A base de Alcântara, a 53 quilômetros de São Luís, no Maranhão, é o centro de lançamento de foguetes mais próximo à linha do equador, razão pela qual os aparelhos que partem do local aproveitam ao máximo a rotação da Terra, o que permite economizar 30% de combustível.

Com Agência Espacial Brasileira.


Loading. Please wait...

Fotos popular