Pravda.ru

CPLP » Brasil

A perplexidade do mundo em relaçao ao Brasil

05.09.2018
 
A perplexidade do mundo em relaçao ao Brasil. 29454.jpeg

A perplexidade do mundo em relaçao ao Brasil

 

No sábado passado recebo uma ligação do jornalista iraniano Zanjani, editor do Pars Today e ex-adido cultural da embaixada do Irã em Brasília onde ficou por oito anos, pedindo informações sobre o que será da candidatura  presidencial do PT já que Lula teve a sua candidatura indeferida pelo STE onde a ministra Rosa Weber é a presidente de fato e direito mais quem apita é o ministro Barroso.

Valter Xéu*

Expliquei ao colega iraniano o que deve acontecer daqui para frente e em seguida ele emendou outra pergunta, que era como os brasileiros deixaram o pais chegar a essa situação onde de coadjuvante junto as grandes potencias mundiais, agora o pais se desmancha com um governo que faz um esforço enorme para levar o pais ao que era a cerca de 20 anos passados?

Zanjani lembrou que o Brasil tinha uma forte atuação na ONU, mediou conflitos na América Latina, com a criação do grupo amigos da Venezuela logo após a tentativa de golpe contra o governo Chaves, onde Estados Unidos e Espanha, dois apoiadores do golpe se viram forçados a participar de um grupo onde eram, minoria.

Na Ásia o Brasil mediou com a Turquia conversações com o Irã sobre o seu programa nuclear que estava em um foco de alta tensão e para as conversações, o próprio presidente Obama deu sinalização, muito mais porque não acreditava que Brasil e a Turquia conseguiria demover o presidente Ahmadinejad e o Líder supremo Khamenei.

Quando os EUA viram que o governo iraniano tinha decidido conversar com as potencias sobre o seu programa nuclear, os Estados Unidos não aceitaram as conversações na ocasião, pois a trama era criar um conflito o que era do interesse de Israel, Arábia Saudita e das potencias do ocidente.

Na África, continente sempre deserdado pelo Brasil em governos passados onde o único ato de aproximação tinha acontecido nos anos setenta quando Geisel reconheceu a independência de Angola de Portugal. Daí em diante precisou Lula chegar ao Poder para que inúmeras embaixadas fossem abertas e o continente africano depois da China, Alemanha, e Argentina, vinha em quarto lugar nas relações comerciais com o Brasil.

É triste para um país que tinha o respeito e admiração do mundo, assistir essa degradação onde mídia, judiciário, executivos e legislativo mostram claramente que o poder é para eles e somente eles podem usufruírem da maneira que bem entenderem.

Chegamos ao ponto de um candidato a presidente que deveria estar em um manicômio, desfilar abertamente pelo pais cujas propostas são as mais loucas e estupidas já vista em um candidato e apesar disso tudo, com amplas possibilidades de chegar ao poder dentro dessa maquinação diabólica em que se tornou essa eleição, onde um troço que chamamos de judiciário escolhe a sua maneira quem deve ser candidato visando assim favorecer aquele onde apesar das evidencias e dos delitos praticados no poder, e com as inúmeras denúncias pipocando de todos os lados, nada é julgado com a justiça ao seu lado fazendo o diabo para protege-los.

 

Em fim é o Brasil.

Um país que sonhávamos ser uma potencia e figurando entre as sete maiores economias do mundo e agora essa merda que aí está por culpa exclusiva dessa bandidagem que tomou o país de assalto e domina todos os podres poderes da república.

Haja merda! 

 

*Valter Xéu e jornalista, diretor e editor de Pátria Latina, Irã News, revista pelo Mundo, Belarus News, é colaborador do Pravda e faz parte do grupo de colaboradores internacionais do Palestina Liberation

 

 


Loading. Please wait...

Fotos popular