Pravda.ru

CPLP » Brasil

Polícia investiga a relação entre o Corinthians e a empresa N.B.L

05.09.2007
 
Polícia investiga a relação entre o Corinthians e a empresa N.B.L

Segundo a Cidadeverde.com, o Corinthians foi alvo de uma operação de busca e apreensão de policias do Deic (Departamento Estadual de Investigações Criminais) nesta terça-feira.

A ação no Parque São Jorge, que apreendeu diversos papéis e computadores, foi comandada pela delegada Inês Cunha e acompanhada pelos promotores Reinaldo Guimarães Carneiro e Roberto Porto, responsáveis pela denúncia.

A operação investiga a relação entre o Corinthians e a empresa N.B.L. Serviços Contábeis, que teria emitido cerca de 80 notas frias entre 2000 e 2005, causando um rombo nas finanças de R$ 436,4 mil.

Um funcionário do clube ainda tentou deixar o local com um computador que ainda pertence à MSI, mas foi impedido pelos policias do Deic, que ficaram com o mesmo.

Entre os acusados no processo estão o presidente Alberto Dualib e o vice Nesi Curi, que também respondem processo no Ministério Público Federal por facilitação à lavagem de dinheiro e formação de quadrilha, ainda fruto da relação com Kia Joorabchian e Boris Berezovsky.

Antes de irem ao Parque São Jorge, o grupo foi à sede da empresa N.B.L, localizada na zona oeste de São Paulo, e também apreendeu notas e documentos.

O proprietário da empresa, Juraci Benedito, também faz parte do processo que envolve o presidente corintiano afastado. Ele já admitiu, em depoimento, que recebeu cerca R$ 17 mil mensais durante seis anos.

Após analisar os documentos apreendidos nesta terça, tanto no Parque São Jorge, quanto na sede da empresa, o Deic ainda irá ouvir Marcos Roberto, ex-controlador financeiro do Corinthians, e Daniel Espíndola, diretor administrativo de recursos humanos.


Loading. Please wait...

Fotos popular