Pravda.ru

CPLP » Brasil

Movimentos sociais avaliam renovação das concessões em Brasília e São Paulo

04.11.2008
 
Movimentos sociais avaliam renovação das concessões em Brasília e São Paulo

Em Brasília uma audiência pública foi realizada no dia 17 de outubro para discutir a renovação da concessão da Rede Globo na capital federal. A emissora, junto com a Record e a Bandeirantes, teve a outorga vencida em 2007 e agora passa por processo de renovação no Executivo e Legislativo.

“Os participantes apontaram duas críticas fundamentais sobre a atuação do canal. A primeira está relacionada ao desequilíbrio de sua cobertura em favor dos setores conservadores do DF, criminalizando ou simplesmente omitindo a posição dos movimentos sociais e organizações populares a respeito das grandes pautas do Distrito Federal”, afirmou o Observatório do Direito à Comunicação.

A Audiência foi convocada pela deputada Érika Kokay (PT), que se comprometeu a remeter o relatório da audiência para as comissões de Ciência, Tecnologia, Comunicação e Informática (CCTCI) e de Legislação Participativa (CLP) da Câmara dos Deputados.

Os movimentos sociais de São Paulo também discutiram a renovação das concessões da Globo, Record e Bandeirantes, em seminário realizado durante a Semana de Democratização da Mídia. Assim como em outras audiências, as emissoras foram convidadas, a diferença é que dessa vez pelo menos uma delas enviou representante, A Rede Globo, representada na audiência por Evandro Guimarães.

“Os depoimentos apresentados por sindicatos e movimentos sociais reforçaram a idéia de que a insuficiência de regras e a ausência de fiscalização abrem espaço para uma série de distorções no funcionamento das emissoras, que se distanciam claramente do interesse público. O único representante das TVs não quis responder aos comentários sobre o tratamento dispensado às minorias e movimentos populares, nem a perguntas sobre o respeito aos direitos das mulheres e das crianças e adolescentes. Mas se mostrou disposto a engrossar o coro dos descontentes com o que reconheceu como ‘anarquia’”, noticiou o Observatório do Direito à Comunicação.

Leia reportagem completa em http://www.direitoacomunicacao.org.br/novo/content.php?option=com_content&task=view&id=4167


www.piratininga.org.br

Loading. Please wait...

Fotos popular